Homepage

  • Kikas finalista em J-Bay é 12º melhor do mundo
    20 julho 2017
    arrow
    arrow
  • Toledo venceu, mas quem conquistou realmente o mundo do surf foi o nosso português, Frederico Morais.
  • E continuava a aventura portuguesa em terras Sul Africanas, com o primeiro surfista luso de sempre a atingir as finais em J-Bay. Frederico Morais estava pronto para mais um heat, sendo este, a final.

    Kikas no top 15 do surf mundial

    Kikas começou o heat cheio de vontade de vencer e logo com duas ondas surfadas nos primeiros 5/6 minutos, um 3.00 e um 4.50, desde cedo assumiu a liderança contra apenas uma onda surfada (5.83) do brasileiro.

    A ação começava a chegar a cada set que passava e Frederico Morais foi o primeiro a remar para melhorar o seu score. O português apanhou uma boa onda de set, típica de Jeffreys Bay, onde não se encontrou em pleno com a mesma mas chegou para arrancar um 6.67. A melhor levou Filipe Toledo, que arrasou completamente a sua onda, obtendo um 9.17 dos juízes.

    Na sua terceira onda, Filipinho não apanhou bem o que queria, saindo antes de a terminar com o score de 2.57, bom para discartar. Já Kikas, voltou a sentir o ânimo e a reencontrar-se mais com o mar e com uma onda bem consistente, após uns turns e a acabar em tubo, o português sacou um 8.33.

    8.33 foi o mesmo valor que os juízes atribuíram à quarta onda de Toledo, melhorando agora a sua pontuação geral, ficando em primeiro com 17.50 pontos contra 15.00 de Frederico, precisando este agora de um 9.17 para assumir a liderança.

    Luta acesa em poucos minutos, com Frederico Morais a conquistar a liderança após uma onda que lhe valeu um 9.40, mas perdeu-a novamente para Filipinho, que arrancou da cartola um 8.83, passando novamente para a liderança com 18.00 pontos contra 1.73 do surfista do Guincho.

    Uma onda maior que 8.60 era a nova meta de Frederico.

    Tensão máxima nos últimos minutos com Toledo com a prioridade e o mar do lado do brasileiro, com poucas ondas e de pouca qualidade. Kikas forçou Toledo a apanhar uma onda, ficando sozinho no outside à espera de qualquer coisa.

    Lá veio uma, pequena e tímida, Frederico apanhou-a mas desde cedo soube que dali não ia ter o que pretendia. Kikas deixou-se estar novamente no outside a celebrar este feito histórico a que temos o prazer de assistir pela primeira vez na história do surf português.

    Parabéns ao Filipe Toledo, pelo título e claro, o nosso muito obrigado ao Frederico, o primeiro surfista português a chegar à final de uma etapa do Campeonato Mundial de Surf!

    Depois desta final, Frederico é agora o 12º melhor surfista do mundo.

    YEEEEEW!

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • final
  • surf
  • World Surf League
  • kikas
  • Tubarão
  • filipe toledo
  • frederico morais
  • World Championship Tour
  • Jeffreys Bay
  • corona jbay open
  • portugues
  • África do Sul
similar News
similar
novembro 29
Agitação marítima volta esta quarta-feira com sete distritos sob aviso amarelo
novembro 29
38 anos depois, acordou o maior vulcão ativo do mundo
novembro 29
Governo australiano é contra a inclusão da Grande Barreira de Coral na lista de Património Mundial em perigo
novembro 28
Ondas até 5 metros deixam oito distritos sob aviso amarelo
novembro 28
João Dantas e Frederico Carrilho são campeões nacionais de longboard
novembro 28
Joana Schenker deu palestra sobre o oceano em escola de Faro
novembro 28
Ondas de gala coroaram vencedores do Special Event do circuito ASCC Caparica Power 2022