Homepage

  • Mulheres invadem a Costa Nova no verão
    04 julho 2017
    arrow
    arrow
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A 13ª edição arranca dia 5 de Agosto, terminando no dia 9, e como habitualmente decorrerá na praia da Costa Nova, em Ílhavo.
  • O evento mais perfumado do Bodyboard mundial e do Surf nacional, em 2017, designa-se MISS ACTIVO CUP.

    Uma dúzia de edições depois, uma nova era começa, sendo certo que as particularidades que fizeram deste evento da Associação de Surf de Aveiro uma referência a nível mundial se mantêm em permanente melhoramento.

    A 13ª edição arranca dia 5 de Agosto, terminando no dia 9, e como habitualmente decorrerá na praia da Costa Nova, em Ílhavo.

    O programa para 2017 volta a integrar três competições: Campeonato Nacional de Surf Feminino (Liga MEO, promovida pela Associação Nacional de Surfistas), Campeonato Nacional de Bodyboard Feminino (Federação Portuguesa de Surf) e o Campeonato Europeu de Bodyboard Feminino, da European Surfing Federation e da organização mundial APB.
     
    Programa
     
    SÁBADO (5 AGOSTO) realiza-se a prova de qualificação para o Campeonato Nacional de Surf, havendo ainda, à margem da competição, uma acção de formação para o auxílio ao salvamento, pelo Instituto Nacional de Socorros a Náufragos, designado «Salva Surf». Paralelamente, haverá experiências de Surf e de Bodyboard gratuitas e também de Slackline… sem custos para o utilizador!

    No dia seguinte (DOMINGO - 6 AGOSTO) disputa-se o quadro principal do Campeonato Nacional de Surf. Recorde-se que a Costa Nova tem consagrado a campeã nacional de Surf nos últimos anos. Ao longo do dia haverá diversas experiências de Surf e de Bodyboard e também de Slackline.

    Já na SEGUNDA-FEIRA (7 AGOSTO) têm início as competições de bodyboard com a disputa do Campeonato Nacional de Bodyboard Feminino. Paralelamente, haverá experiências de Surf a utentes de algumas Instituições Particulares de Solidariedade Social do município de Ílhavo, para além das habituais para os veraneantes que decorrem todos os dias (Surf e Bodyboard e Slackline).

    Dia 8 AGOSTO (TERÇA-FEIRA) entram na água as melhores bodyboarders da Europa à procura da vitória no Campeonato Europeu de Bodyboard Feminino com as primeiras fases da competição, repetindo-se a dose de experiências gratuitas de Surf e de Bodyboard e de Slackline.

    O último dia (QUARTA-FEIRA - 9 AGOSTO) está reservado às decisões quanto à MISS ACTIVO CUP 2017, ou seja, a vencedora da competição europeia de bodyboard feminino. Este é também o último dia que o público têm para aproveitar as experiências gratuitas de Surf e de Bodyboard e ainda de Slackline. Por fim, o campeonato mais feminino do Bodyboard mundial e do Surf nacional despede-se com a tradicional Festa de Encerramento, que decorrerá na discoteca Estação da Luz, em Aveiro.

    Dando continuidade a uma iniciativa que vem de outros anos, a Associação de Surf de Aveiro, em parceria com o ActivoBank, irá entregar um euro por cada onda surfada durante as competições ao Lar das Mães Solteiras (IPSS de Ílhavo), a chamada ONDA SOLIDÁRIA. Em 2016, o Lar das Mães Solteiras recebeu das mãos da organização 444 euros, por tantas outras ondas surfadas.

    A organização está apostada em fazer a melhor edição de sempre, desígnio que já a acompanhou nas 12 edições anteriores, e assim o mar da Costa Nova cumpra a sua parte.

Tags
  • Aveiro
  • ilhavo
  • costa nova
  • bodyboard
  • girls
  • mulher
  • Feminino
  • Miss Activo Cup
  • surf
pub
similar News
similar
fevereiro 19
Marta Paço convocada para o Mundial de Surf Adaptado
fevereiro 19
Júnior Martim Nunes passa temporada com Italo Ferreira (ENTREVISTA)
fevereiro 19
A subida do mar irá afetar 150 mil portugueses!
fevereiro 19
Vendedores de rua em Nairobi arriscam prisão por utilizarem sacos de plástico
fevereiro 19
Jovem é arrastado por onda e apanha grande susto na Praia do Norte
fevereiro 17
Alex Botelho já deixou os cuidados intensivos do Hospital de Leiria
fevereiro 19
Calor extremo cozeu e tirou a vida a meio milhão de mexilhões na Nova Zelândia