Homepage

  • Vasco Ribeiro foi o melhor português em Durban
    20 junho 2017
    arrow
    arrow
  • Os destinos da armada lusa ficaram assim apenas entregues a Vasco Ribeiro
  • Terminou este fim-de-semana a primeira de várias etapas do WQS na África do Sul, que vão culminar com a realização do primeiro QS10000 da temporada, em Ballito. O Volkswagen SA Open of Surfing decorreu nas ondas de Durban e foi vencido pelo brasileiro Alex Ribeiro. Já Vasco Ribeiro foi o melhor português, ao terminar no 13.º posto final deste QS3000.

    Apesar da distância, Portugal esteve representado com vários surfistas neste evento sul-africano. Na ronda inaugural correram de feição à armada lusa, com Luís Perloiro, Henrique Pyrrait e Tiago Pires a conseguirem avançar para a ronda seguinte, onde se juntariam a outros compatriotas.

    A 2.ª ronda acabou por ditar a eliminação de Perloiro e Pyrrait. Contudo, Jácome Correia, Miguel Blanco e Tiago Pires conseguiram carimbar o passaporte para a fase seguinte, sendo que Blanco o fez com um triunfo. Contudo, a 3.ª ronda acabaria por ser madrasta parra as cores nacionais, sendo que ninguém conseguiu a qualificação. À eliminação de Saca, Blanco e Jácome juntou-se ainda a de Tomás Fernandes.

    Os destinos da armada lusa ficavam assim apenas entregues a Vasco Ribeiro, que se só estrearia na 4.ª ronda. O surfista da Poça começou por carimbar a passagem à 5.ª ronda com uma performance intermédia, onde garantiu a qualificação com 11,83 pontos, atrás do sul-africano Michael February.

    A melhor performance de Vasco aconteceria na 5.ª ronda, onde venceu o heat 2, com um score de 14,36 pontos. O surfista português conseguiu assim integrar o lote dos 16 melhores surfistas do campeonato, mas acabaria por perder na fase seguinte, às portas do quartos-de-final. Vasco Ribeiro ficou no último posto de um heat onde o brasileiro Alex Ribeiro e o australiano Soli Bailey seguiram em frente.

    Vasco assegurou assim o 13.º posto do campeonato sul-africano, somando 840 pontos para o ranking do WQS, onde é agora 38.º classificado. O evento africano acabou por ser dominado por surfistas sul-americanos, com três brasileiros e um peruano a chegarem às meias-finais. Mas foi o canarinho Alex Ribeiro a levar a melhor, batendo Hizunome Bettero numa final 100 por cento brasileira. O antigo competidor do WCT somou 3000 pontos para o ranking.

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Notícia redigida pela SurfPortugal

Tags
  • Durban
  • South Africa
  • África do Sul
  • Surf
  • Qualifying Series
  • Vasco Ribeiro
  • World Surf League
similar News
similar
abril 16
Chuva dá tréguas no fim de semana
abril 16
Estrada é encerrada em Tallinn durante a noite para salvar milhares de sapos e rãs
abril 16
Praia da Tocha vai ter novos passadiços no verão
abril 16
Tiago Pires vai ser “padrinho” de festival francês
abril 15
Associação Portuguesa de Bodyboard convoca Assembleia Geral extraordinária
abril 15
Quatro distritos ainda sob aviso amarelo por causa da chuva
abril 14
Portugal é o 3º país da Europa que mais pesca tubarão e raia