Homepage

  • O Sol da Caparica também é das crianças!
    01 junho 2017
    arrow
    arrow
  • A vocação inclusiva, transgeracional e amplamente cultural d'O Sol da Caparica não se reflete apenas num cartaz ambicioso...
  • Press Release:

    No dia 13 de agosto, o espaço do Parque Urbano da Costa da Caparica transforma-se para receber aqueles que são o futuro, os mais pequenos que, na verdade, são os maiores.

    A vocação inclusiva, transgeracional e amplamente cultural d'O Sol da Caparica não se reflete apenas num cartaz ambicioso que cruza o imenso oceano que separa (ou une...) o fado do hip hop, o rock da música africana, os mais jovens dos mais velhos: há também um dia inteirinho dedicado aos mais novos.

    Um passaporte para aventuras muito divertidas, pinturas e insufláveis, muita animação e música que garantem um dia inesquecível! E ainda por cima há Mão Verde (de Pedro Geraldes e Capicua), há Rita Guerra e o maravilhoso universo da Disney, há a Palavra Cantada e a sua fértil imaginação.

    Ao Sol da Caparica é impossível faltar!

    A Mão Verde que nos vai guiar! De Capicua e Pedro Geraldes. Ecologia, rap e Linda Martini podem parecer palavras colocadas completamente ao calhas à primeira vista, mas Capicua e Pedro Geraldes trataram de descomplicar ao unirem esforços para criarem Mão Verde, projeto que editou um disco em 2016 e que pretende ligar-se diretamente a um público ainda a adaptar-se à vida pós-chucha.

    Para uma audiência que deve ir dos 3 aos 8 anos, Mão Verde ganha mais dois elementos ao vivo: Francisca Cortesão, que toca baixo e ajuda nas vozes, e António Serginho (percussões e teclado). Para quem procura uma segunda via para educar e divertir os filhos!

    Magia da Disney numa grande voz!

    A carreira de Rita Guerra é um dos mais sérios casos de sucesso no nosso país. São mais de três décadas a pisar palcos e a arrebatar multidões por uma das mais completas artistas portuguesas, intérprete e pianista de exceção, autora, escritora e um livro de sucesso com que muitos leitores portugueses se emocionaram e identificaram.

    Época balnear arranca com risco Muito Elevado

    Depois de ter lançado em 2015 o álbum No Meu Canto – O melhor de Rita Guerra, disco em que reuniu 19 canções, entre as quais os duetos com Michael Bolton, Ronan Keating, Beto ou Paulo de Carvalho, a cantora prepara-se para um novo espetáculo.

    As excecionais qualidades artísticas de Rita Guerra fizeram dela, desde sempre, escolha perfeita da Disney Portugal, para dar voz a alguns dos maiores sucessos de filmes que a todos encantam, pequenos e seus pais.

    “A Bela e o Monstro” ou o “Cavaleiro Andante”, que cantou com Beto, são ótimos exemplos disso mesmo. Agora, no novo espetáculo, Rita atira-se ao maravilhoso universo da Disney e dá voz a clássicos que encantam sucessivas gerações, trazendo magia para as nossas vidas. Vai ser assim também n’O Sol da Caparica!

    Do Brasil a Portugal: a palavra que todos cantam!

    A história da Palavra Cantada começou a ser escrita há mais ou menos 20 anos no Brasil por Sandra Peres e Paulo Tati. A ideia foi sempre usar o português como veículo para comunicar com os mais pequenos, respeitando a sua natural inteligência. Essas duas décadas têm sido pautadas por um enorme sucesso e hoje a dupla conta com milhões de seguidores e crianças felizes, razão mais do que justificada para o nascimento de uma versão portuguesa desta Palavra Cantada.

    Através da música e das palavras, as canções da Palavra Cantada procuram sempre ajudar todos os pais a educar, mas também a desafiar e despertar as suas crianças, tentando abordar de uma forma lúdica, sensível e com humor, temas tão essenciais como a ecologia, a alimentação saudável e a higiene. Aprender a cantar é sempre mais fácil e certamente muito mais divertido.

    O sucesso por cá replica também o do Brasil: o primeiro CD/DVD, foi lançado a 8 de Julho com entrada direta para o 3º lugar! Está desde então no Top. As canções da Palavra Cantada já se fazem ouvir e ver no Canal Panda, com temas como “Coloridos”, “Lavar as Mãos”, “Caranguejo, o Cravo e a Rosa” a serem já autênticos hinos para pequenos e graúdos.

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Festival Sol Caparica
  • Costa de Caparica
  • Almada
  • Música
  • Concertos
  • Festival
  • Crianças
similar News
similar
setembro 17
Formação 'Surf & Rescue' a caminho da Figueira da Foz
setembro 17
Voluntários vão limpar a Praia do Cabedelo este sábado
setembro 17
Pure Piraña, a hard seltzer que refresca o verão
setembro 16
Bom Petisco Peniche Pro arranca com nota 10 e festa de tubos
setembro 17
Bom Petisco Peniche Pro: Dia dedicado ao surf feminino em Supertubos
setembro 17
Baía do Funchal acolhe terceira etapa do Circuito Regional da Madeira de SUP Race 2021
setembro 16
Esta sexta-feira começa o 1º Save The Waves Film Fest Azores Tour