Homepage

  • O Sol da Caparica também é das crianças!
    01 junho 2017
    arrow
    arrow
  • A vocação inclusiva, transgeracional e amplamente cultural d'O Sol da Caparica não se reflete apenas num cartaz ambicioso...
  • Press Release:

    No dia 13 de agosto, o espaço do Parque Urbano da Costa da Caparica transforma-se para receber aqueles que são o futuro, os mais pequenos que, na verdade, são os maiores.

    A vocação inclusiva, transgeracional e amplamente cultural d'O Sol da Caparica não se reflete apenas num cartaz ambicioso que cruza o imenso oceano que separa (ou une...) o fado do hip hop, o rock da música africana, os mais jovens dos mais velhos: há também um dia inteirinho dedicado aos mais novos.

    Um passaporte para aventuras muito divertidas, pinturas e insufláveis, muita animação e música que garantem um dia inesquecível! E ainda por cima há Mão Verde (de Pedro Geraldes e Capicua), há Rita Guerra e o maravilhoso universo da Disney, há a Palavra Cantada e a sua fértil imaginação.

    Ao Sol da Caparica é impossível faltar!

    A Mão Verde que nos vai guiar! De Capicua e Pedro Geraldes. Ecologia, rap e Linda Martini podem parecer palavras colocadas completamente ao calhas à primeira vista, mas Capicua e Pedro Geraldes trataram de descomplicar ao unirem esforços para criarem Mão Verde, projeto que editou um disco em 2016 e que pretende ligar-se diretamente a um público ainda a adaptar-se à vida pós-chucha.

    Para uma audiência que deve ir dos 3 aos 8 anos, Mão Verde ganha mais dois elementos ao vivo: Francisca Cortesão, que toca baixo e ajuda nas vozes, e António Serginho (percussões e teclado). Para quem procura uma segunda via para educar e divertir os filhos!

    Magia da Disney numa grande voz!

    A carreira de Rita Guerra é um dos mais sérios casos de sucesso no nosso país. São mais de três décadas a pisar palcos e a arrebatar multidões por uma das mais completas artistas portuguesas, intérprete e pianista de exceção, autora, escritora e um livro de sucesso com que muitos leitores portugueses se emocionaram e identificaram.

    Época balnear arranca com risco Muito Elevado

    Depois de ter lançado em 2015 o álbum No Meu Canto – O melhor de Rita Guerra, disco em que reuniu 19 canções, entre as quais os duetos com Michael Bolton, Ronan Keating, Beto ou Paulo de Carvalho, a cantora prepara-se para um novo espetáculo.

    As excecionais qualidades artísticas de Rita Guerra fizeram dela, desde sempre, escolha perfeita da Disney Portugal, para dar voz a alguns dos maiores sucessos de filmes que a todos encantam, pequenos e seus pais.

    “A Bela e o Monstro” ou o “Cavaleiro Andante”, que cantou com Beto, são ótimos exemplos disso mesmo. Agora, no novo espetáculo, Rita atira-se ao maravilhoso universo da Disney e dá voz a clássicos que encantam sucessivas gerações, trazendo magia para as nossas vidas. Vai ser assim também n’O Sol da Caparica!

    Do Brasil a Portugal: a palavra que todos cantam!

    A história da Palavra Cantada começou a ser escrita há mais ou menos 20 anos no Brasil por Sandra Peres e Paulo Tati. A ideia foi sempre usar o português como veículo para comunicar com os mais pequenos, respeitando a sua natural inteligência. Essas duas décadas têm sido pautadas por um enorme sucesso e hoje a dupla conta com milhões de seguidores e crianças felizes, razão mais do que justificada para o nascimento de uma versão portuguesa desta Palavra Cantada.

    Através da música e das palavras, as canções da Palavra Cantada procuram sempre ajudar todos os pais a educar, mas também a desafiar e despertar as suas crianças, tentando abordar de uma forma lúdica, sensível e com humor, temas tão essenciais como a ecologia, a alimentação saudável e a higiene. Aprender a cantar é sempre mais fácil e certamente muito mais divertido.

    O sucesso por cá replica também o do Brasil: o primeiro CD/DVD, foi lançado a 8 de Julho com entrada direta para o 3º lugar! Está desde então no Top. As canções da Palavra Cantada já se fazem ouvir e ver no Canal Panda, com temas como “Coloridos”, “Lavar as Mãos”, “Caranguejo, o Cravo e a Rosa” a serem já autênticos hinos para pequenos e graúdos.

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Festival Sol Caparica
  • Costa de Caparica
  • Almada
  • Música
  • Concertos
  • Festival
  • Crianças
pub
similar News
similar
março 31
Campeão mundial espanhol de surf adaptado está infetado com coronavírus
março 31
Kelly Slater mostra dotes musicais em composição própria (Vídeo)
março 31
Em quarentena, campeã olímpica treina em piscina insuflável (Vídeo)
março 31
Escola de Surf da Figueira contorna quarentena com aulas online
março 30
Erupção do vulcão Merapi lança cinzas a 5 mil metros de altura
março 31
ISA World Surfing Games adiados por tempo indeterminado
março 31
Multas para surfistas chegaram a J-Bay