Homepage

  • Frederico Morais avança para o Round 2 na Austrália
    29 março 2017
    arrow
    arrow
  • Devido à inconsistência dos sets, muitos heats tiveram scores bem inexpressivos
  • O Drug Aware Mrgaret River Pro teve ontem início nas direitas de North Point, um pico que nunca tinha sido palco da maior prova do surf mundial, no oeste australiano, em ondas até 1,5 metros e com poucos sets.

    Devido à inconsistência dos sets, muitos heats tiveram scores inexpressivos, como o exemplo do australiano Julian Wilson que chegou a vencer com apenas 4.90 pontos no total. A grande exceção desta quarta-feira foi mesmo o havaiano Sebastian Zietz, autor de uma nota 10 na última bateria do dia.

    O nosso único representante em prova, Frederico Morais, foi mais uma das vítimas das más condições em que decorriam a prova no pico alternativo de North Point.

    Logo na primeira batalha do dia, o aguardado reencontro entre o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater e o tri Mick Fanning, que também se enfrentaram na primeira fase em Snapper Rocks. Desta vez, a dupla teve a companhia do jovem italiano Leo Fioravanti.

    Poucas ondas foram surfadas e Slater precisou de apenas 4.17 e 3.90 para avançar. Com 3.17 e 3.50, Fanning terminou em segundo, seguido por Leo, que surfou apenas uma onda e teve 1.00.

    De seguida na água, tivemos Miguel Pupo que somou apenas 2.10 e 1.07, contra 3.00 e 3.77 do líder Jack Freestone. Em terceiro ficou Matt Wilkinson, com 1.10 e 2.00.

    Algumas das melhores atuações do dia vieram no quarto confronto, com Jordy Smith e Nat Young. O sul-africano fez um 5.93 e um 7.83 nas duas melhores ondas, contra 5.33 e 6.67 de Nat, que caiu para a repescagem junto do compatriota Kanoa Igarashi, autor de apenas 0.50 e 1.27.

    Numa batalha 100% brasileira, Jessé Mendes encontrou um belo tubo para arrancar 7.40 dos juízes e garantir a vitória contra Gabriel Medina e Wiggolly Dantas. Até então, a bateria vinha se arrastando com notas inferiores a 4 pontos. Medina terminou em segundo com o total de 7.26, seguido por Dantas, autor de 5.30.

    O atual campeão mundial, John John Florence, conseguiu achar duas boas ondas e não deu a parte fraca, somando 7.17 e 6.50 para bater o australiano Jacob Wilcox, vencedor da triagem, e o português Frederico Morais. Kikas não se econtrou nas ondas e viu a sua continuação em prova remetida para o Round 2, onde irá encontrar no heat o surfista australiano Adrian Buchan.

    O brasileiro Ian Gouveia conseguiu bater o australiano Connor O’Leary com 4.50 e 8.00, contra 6.07 e 6.33 do adversário. Vencedor da etapa de abertura, Owen Wright não se encontrou e terminou em terceiro com 3.93 e 4.77.

    De seguida, Caio Ibelli abriu bem a bateria com 6.33 e teve grandes dificuldades para melhorar seu score, apanhando apenas mais uma onda e obtendo 2.83. Mesmo assim, foi o suficiente para derrotar o australiano Joel Parkinson e o compatriota Jadson André, terceiro classificado com 4.17 e 0.63.

    O campeão da prova em 2015, Adriano de Souza, ficou também em situação complicada depois do francês Jeremy Flores arrancar 8.10 dos juízes. Jeremy já tinha 4.50 na primeira onda e deixou os adversários em grande desvantagem. Mineirinho terminou em segundo com 5.33 e 5.17, enquanto Adrian Buchan foi o terceiro com 2.77 e 3.47.

    Encerrando a primeira ronda, Filipe Toledo não se deu bem no pico e ainda viu o havaiano Sebastian Zietz - atual campeão da prova - arrancar uma nota 10, fechando sua participação com 14.83 pontos. O estreante australiano Ethan Ewing ficou em segundo com 5.17, enquanto Filipinho obteve apenas o total de 1.77.

    A ação está de volta hoje, por volta das 21h00 de Portugal e pode ser acompanhada em direto aqui.

    Revejam aqui os melhores momentos da prova, em vídeo:

    Round 2 Masculino:

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Drug Aware Margaret River Pro
  • australia
  • frederico morais
  • John John Florece
  • World Surf League
  • surf
  • World Championship Tour
pub
similar News
similar
março 27
Imagens espaciais mostram redução drástica da poluição do ar na Europa
março 27
Brisa Hennessy tem a melhor quarentena de todas… nas Fiji
março 27
Hora do Planeta terá formato digital para além do apagão
março 27
Foto do sunset português entre as melhores de concurso internacional  
março 27
Está a chegar o horário de Verão!
março 27
Capítulo Perfeito teve alcance superior a 33 milhões de pessoas
março 27
Em Ribeira d’Ilhas manda Tomás Fernandes