Homepage

  • Beachcam Weekend Spot Report* 25 a 27 Março
    24 março 2017
    arrow
    arrow
  • Fim de semana com oportunidades de offshore por esse Portugal fora. Vamos ver onde entrar?
  • Fim de semana com muito vento e nas direcções menos favoráveis a boas sessões, mas mesmo assim, algumas oportunidades de boas ondas e boas sessões por essa Costa fora! Vamos ver onde entrar?

    NORTE

    Sábado e Domingo: Com o melhor período a ter lugar na manhã de sábado, com vento a soprar de leste a permitir offshore e a rodar para Sul e posteriormente de Sudeste no domingo, esperam-se algumas ondas surfáveis para estes dias, a rondar 1m por Moledo, Vila Praia de Âncora, picos de Viana do Castelo, Mariana, Arda, Afife, a diminuir de tamanho para Esposende, Ofir, Apúlia, Aguçadoura, Vila do Conde e Póvoa do Varzim mais pequenos. Mindelo e Leça da Palmeira maiores, acima de 1m de altura. Matosinhos a funcionar na melhor maré, a rondar 0,5m, mas maior e melhor no Domingo. Canide, Aguda, Madalena e Espinho a serem também boas opções, com ondas até 1m nos sets maiores, bem alinhadinhas.

    Segunda feira: Vento a levantar, agora a soprar de Sul/Sudoeste e a estragar as boas condições para surf. Mesmo assim, ondas nos mesmos spots de ontem, ligeiramente mais desordenadas pelo vento e com mais alguns cm's nos sets.

    CENTRO

    Sábado: Com vento Oeste a soprar pela manhã e a rodar para Sudoeste pela tarde em praticamente toda a Costa Ocidental, não prevemos boas sessões na maioria dos spots. Ondas fracas até 1m pelas praias da Margem Sul, maiores até 1,5m acima do Cabo Raso e 3/4m pelo Canhão da Nazaré mais protegida pelo vento. História diferente pela região da Figueira da Foz e picos mais a Norte, com vento Leste a formar Offshore matinal e posteriormente a virar para Sul, prevemos ondas a rondar 1m na Figueira e ligeiramente maiores mais a Norte por Aveiro e Ovar.

    Domingo: Com céu cinzento e chuva prevista durante praticamente todo o dia, melhor hora para surf a ter lugar logo pela manhã e a aproveitar o curto período de vento Sudeste e Leste a formar side e offshore, com pouco vento, pois logo de seguida vira-se para Oeste e aumenta a intensidade da parte da tardePrevemos ondas desde o Meco à Fonte da Telha a rondar 0,5m, maior até 1m por toda a Costa de Caparica, desde as praias aos pontões. Surf pequeno pela Linha de Cascais, com ondas marrecas até 0,5m pelas praias de sempre, Carcavelos, São Pedro... A Norte do Cabo Raso, picos até ao Guincho e mais a Norte, com boas ondas a rondar 1m de altura. Maior e com mais qualidade pela Praia Grande e picos até à Ericeira a funcionar dentro das mesmas medidas. Surf ligeiramente mais pequeno mas recomendável pelos fundos de pedra e beach breaks da região da Ericeira. Mais a norte, picos até à Praia Azul, spots de Santa Cruz e mais a Norte, tudo com ondas a até 1,5m nos sets maiores. Região de Peniche também com boas oportunidades e ondas em praticamente todos os picos, a rondar 1m com boas oportunidades de offshore mediante a altura do dia. Foz do Arelho e São Pedro de Moel mais massudos a chegar aos 2,5m e Canhão da Nazaré a formar ondas na Praia do Norte até 3m de altura com qualidade. Figueira da Foz, Cabedelo e Buarcos na ordem de 1m de altura, para cima. Bom pela Murtinheira, Quiaios, Lavos, Vagos, Aveiro e Ovar com boas ondas até 1m e menos vento. 

    Segunda feira: Brisa e vento fraco de Oeste previsto durante todo o dia na Costa Ocidental Centro, excepto a Norte de Peniche, com vento Sul até meio do dia. Condições um pouco tricky, mas com ondas nos mesmos spots mencionados para ontem, dentro do mesmo tamanho mas com menos qualidade. Destaque para a região de Peniche com algumas oportunidades sob offshore pela manhã, até 1m pelo Lagido e Baía.

    SUL

    Sábado: Dia complicado para surfar pelas praias do Sul do País. Com muito vento Sudoeste previsto, a formar onshore pelas praias, não vai ser fácil encontrar boas condições. Ondas acima de 1m pelas praias da Costa Alentejana e Vicentina e maiores pela região de Sagres. Algumas marrecas sob muito vento pelo Sotavento e Barlavento algarvios. Bom para Kite e Windsurf nos locais habituais

    Domingo: Com o vento agora a soprar de Sul, a virar para Oeste durante a tarde, poucas oportunidades de surf pelas praias do Sul de Portugal. Prevemos ondas a rondar 1m, pelas praias mais expostas do Alentejo e a aumentar de tamanho pelas praias da Costa Ocidental Algarvia. Novamente bom para praticar Kite ou Windsurf nos vossos spots predilectos. Alguma chuva e céu cinzento previstos para estes dias.

    Segundo feira: Vento a cair, mas mesmo assim a manter a direcção de Oeste e a continuar a formar onshore pelas praias da Costa Alentejana e Vicentina. Ondas a rondar 0,5m acima do Cabo de Sines, a subir ao aproximarmos-nos das praias até ao Algarve e maiores pela Região de Sagres com algumas oportunidades de surf mais protegido, com ondas até 1,5m. Ondas também por todo o Barlavento e Sotavento Algarvios, sempre até 1m de altura

    Bom fim de semana e boas ondas!

    * Estas previsões estão sujeitas a eventuais alterações, pelo que se deverá verificar a ocorrência das mesmas, visto tratarem-se de tendências de estado de tempo que são distribuídas no intuito de serem úteis, mas sem qualquer garantia; nem sequer a garantia de perceptibilidade ou aplicação a qualquer objetivo em particular 

    Legenda: Mapa da previsão do mar. Imagem: FNMOC.

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Beachcam Spot Report
  • fim de semana
  • março
  • Primavera
  • Previsão Surf
  • Previsão Ondas
  • surf
  • ondas
  • swell
  • FNMOC
  • centro
  • sul
  • norte
  • algarve
  • lisboa
  • alentejo
  • Offshore
  • vento
pub
similar News
similar
janeiro 23
Surf to Win apresenta equipa oficial para 2020
janeiro 24
Lewis Pugh é o primeiro humano a nadar sob camada de gelo na Antártida
janeiro 24
Gondomar retira das serras 3 toneladas de lixo por semana
janeiro 22
Tempestade Glória provoca ondulação inédita no Mediterrâneo
janeiro 23
Vem aí o Pacto Português para os Plásticos
janeiro 23
O ornitorrinco pode desaparecer devido à ocupação humana
janeiro 24
Austrália enfrenta praga de aranhas mortíferas