Homepage

  • Soli Bailey quebra tradição e vence em Pipe
    14 fevereiro 2017
    arrow
    arrow
  • Australiano quebrou a "maldição" que tem vindo a ser uma tradição do Volcom Pipe Pro.
  • O jovem australiano Soli Bailey foi o grande vencedor do Volcom Pipe Pro, etapa do Qualifying Series finalizada na última quinta-feira, em ondas de 2,5 metros por Pipeline, no Havai.

    Consulta aqui a previsão de ondas e surf para esta semana!

    Numa decisão com poucos tubos, o atleta de 21 anos fez um bom trabalho nas direitas do Backdoor e somou 7.33 e 5.93 para superar o brasileiro Adriano de Souza, o californiano Griffin Colapinto e o havaiano Bruce Irons.

    Pela vitória, Soli Bailey amealhou 12 mil dólares e somou 3.000 pontos no ranking da divisão de acesso do Circuito Mundial, assumindo a liderança com apenas um resultado.

    O australiano também quebrou a "maldição" que tem vindo a ser uma tradição do Volcom Pipe Pro. Até então, apenas três atletas americanos tinham vencido o evento: John John Florence (quatro vezes), Kelly Slater (duas) e Jamie O’Brien. Soli tornou-se o primeiro não-americano a vencer a prova havaiana.

    O Volcom Pipe Pro homenageou ainda o atleta com mais atitude durante a competição. O troféu - em memória a Todd Chesser - ficou com o havaiano Seth Moniz.

    Resultado do Volcom Pipe Pro 2017

    1 Soli Bailey (AUS)
    2 Adriano de Souza (BRA)
    3 Griffin Colapinto (EUA)
    4 Bruce Irons (HAV)
    5 David do Carmo (BRA)

Tags
  • Pipeline
  • Volcom Pipe Pro
  • QS3000
  • Soli Bailey
  • surf
  • havai
  • World Surf League
  • Qualifying Series
  • highlights
similar News
similar
agosto 04
Grécia a escaldar: Temperatura na Acrópole atingiu os 55ºC
agosto 04
Baía do Funchal vai receber o Madeira Island SUP Challenge em setembro
agosto 04
Autoridade Marítima Nacional e DGS lançam campanha para um verão em segurança
agosto 04
Fernando Aguerre: 'Penso que o COI ficou satisfeito com a estreia olímpica do surf'
agosto 04
Vasco Ribeiro e Kika Veselko fizeram história na Allianz Triple Crown
agosto 04
Japonesas levam ouro e prata, Sky Brown fica com o bronze
agosto 04
MEO e Vissla vão dar nome à etapa portuguesa das Challenger Series