Homepage

  • Reserva Mundial de Surf da Ericeira dinamizada
    10 fevereiro 2017
    arrow
    arrow
  • Promover a salvaguarda da paisagem natural protegida daquela que é a 1.ª Reserva Mundial de Surf da Europa é a prioridade!
  • A primeira reunião do Conselho Municipal de Gestão da Reserva Municipal de Surf da Ericeira (CMGRMS), realizada ontem, constituiu um momento estratégico que assinala o reforço da dinâmica de preservação e valorização da faixa costeira que, em quatro quilómetros, reúne sete ondas de qualidade mundial.

    Este órgão de consulta do Município de Mafra pretende promover a salvaguarda da paisagem natural protegida daquela que é a 1.ª Reserva Mundial de Surf da Europa, acompanhando as orientações da Save the Waves Coalition, assim como a intervenção articulada dos diferentes agentes locais, de natureza pública e privada.

    Hoje há espectáculo: Lua cheia, Eclipse e Cometa

    Após a cerimónia de instalação deste novo órgão de consulta da Câmara Municipal, os membros do Conselho iniciaram a elaboração do plano de atividades para 2017.

    O CMGRMSE é composto por dois órgãos: o Conselho Restrito, que constitui o órgão de apoio ao planeamento e ao acompanhamento da situação da Reserva Mundial de Surf da Ericeira (RMSE) e que integra o denominado “Grupo de Guardiões”, formado pelas principais associações ligadas ao surf na região, em representação da comunidade surfista, designadamente o Ericeira Surf Clube, a Associação dos Amigos da Baía dos Coxos e a Associação SOS — Salvem o Surf; e Conselho Alargado, que constitui o órgão de natureza consultiva da RMSE, integrando representantes de diversas entidades, no âmbito autárquico, ambiental, desportivo, turístico, cultural, da saúde e da segurança.

    Considerando a importância dos valores ecológicos presentes na Reserva Mundial de Surf da Ericeira, o Município de Mafra e o Instituto de Cultura Europeia e Atlântica, com sede na Ericeira, celebraram um acordo de colaboração cultural e científica, tendo por objetivo a produção de uma videografia sobre os fundos marinhos dos quatro quilómetros desta faixa costeira: uma viagem inusitada a um património desconhecido, mas de valor inestimável.

    Este acordo tem por objeto a promoção de programas anuais que contemplem estudos e pesquisas sobre os patrimónios natural, cultural e histórico nas áreas da Oceanografia, Sedimentologia, Aquacultura, Geologia e Biologia Marinhas, Paisagem Marítima e Arqueologia Marinha, designadamente sobre o ecossistema dos fundos marinhos da Reserva Mundial de Surf da Ericeira, que se localiza entre as praias de Empa e de São Lourenço, no Concelho de Mafra.

    Com base neste estudo, desenvolvido em colaboração com a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, proceder-se-á à criação de um guião para a videografia sobre “As sete ondas WSR – World Surfing Reserve – Ericeira” (Pedra Branca, Reef, Ribeira d’Ilhas, Cave, Crazy Left, Coxos e São Lourenço).

    Fotografia por Ericeira Surf Clube

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

     

Tags
  • Reserva Municipal de Surf da Ericeira
  • Ericeira
  • Surf
  • Câmara Municipal
  • Mafra
pub
similar News
similar
janeiro 17
Comunidade do longboard ajuda os animais vítimas dos fogos na Austrália
janeiro 17
Agitação marítima arrasta duas pessoas na Califórnia (Vídeo)
janeiro 17
Nestlé investe 1,86 mil milhões de euros na reciclagem de plásticos
janeiro 17
Os jovens são fundamentais para a defesa dos oceanos
janeiro 10
Interferência no Canhão? João de Macedo e Everaldo Pato mostram o contrário
janeiro 16
Projeto da 'praia' ecológica no Tejo deverá ser conhecido este ano
janeiro 12
Lisboa terá uma 'praia' em pleno rio Tejo