Homepage

powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Alcindo Soares tinha um sonho. Ele queria ser jogador profissional de futebol.
  • Alcindo Soares tinha um sonho. Ele queria ser jogador profissional de futebol. Mas agora é "um bocadinho tarde". Aos 43 anos, o cabo verdiano deixou de lado a ideia da bola — mas não a do desporto. Alcindo trabalha na construção civil para compor o orçamento, mas o projecto de vida dele é na praia.

    Ao sentir falta de um local onde se pudesse fazer exercício físico em Santa Maria, onde mora, decidiu construir um ginásio. Não um ginásio qualquer: Alcindo recolhe da praia e das dunas o lixo e, além de manter o espaço limpo, dá aos materiais recolhidos uma nova vida. Há pesos improvisados, barreiras para flexões, elevações, abdominais.

    Roger Serrasqueiro cruzou-se com esta história em Setembro de 2016, quando cumpria a função de júri no Festival Internacional de Cinema de Cabo Verde, e deixou-se encantar: "Cruzei-me acidentalmente com este espaço incrível, um ginásio feito de lixo. Acabei por prolongar a minha estadia mais uns dias em Cabo Verde depois do festival, para ir à procura do autor daquela obra", contou ao P3. Assim nasceu "Alcindo", um filme que quer ser um empurrão para o sonho do cabo verdiano. Roger andava há muito tempo a maturar uma ideia com mais três amigos de longa data. Roger (realizador na Garage Films), André Moreira (director criativo na Havas, em Londres), Johan (creative technologist na Adobe Systems na Suécia) e Dany (director criativo na 32 Cabo Verde, na Ilha do Sal) trabalham com grandes marcas e anunciantes a nível mundial. Desenvolvem campanhas para vender carros, bebidas, moda, tecnologia. "Mas sempre falámos em desenvolver um projecto social ligado à criatividade", conta Roger.

    A Tud Dret — expressão que em Crioulo de Cabo Verde significa "tudo bem" — é a plataforma que os quatro criativos criaram para "apresentar e apoiar histórias verdadeiras no mundo inteiro, historias essas onde a criatividade e o positivismo inspiram comunidades locais a desenvolver ideias surpreendentes". Alcindo — um filme gravado a um domingo, o único dia livre do protagonista, — é a primeira produção deles.

    "É incrível a quantidade de pessoas da comunidade local que utiliza aquele espaço diariamente. De manhã cedo, ao final do dia, está sempre alguém a treinar no ginásio", diz. O desafio do documentário foi "manter a essência da ideia original do Alcindo". "Ele não precisa de máquinas de ginásio novas e tecnológicas, o que ele precisa é de apoio para continuar a desenvolver esta ideia de recolher o lixo nas praias para que a Ilha fique mais bonita e ao mesmo tempo dar uma utilização e uma função a esse lixo", explica Roger.

    Para isso, a Tud Dret criou um crowdfunding para angariar fundos para ajudar Alcindo a ter formação de personal trainer e, dessa forma, contribuir para a formação desportiva da população local. A plataforma tem já outras histórias em vista — e quer ser um espaço aberto: realizadores, criativos, fotógrafos, jornalistas, escritores, todos os contadores de histórias, podem contribuir com novos episódios "que possam ajudar no apoio e desenvolvimento de pequenas ou grandes ideias nas comunidades locais espalhadas pelo mundo".

    Texto de Mariana Correia Pinto

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Alcindo Soares
  • Cabo Verde
  • Tud Dret
  • Lixo
  • Ilhas
  • África
pub
similar News
similar
fevereiro 20
Liga MEO Surf apresenta calendário para 2020
fevereiro 19
Marta Paço convocada para o Mundial de Surf Adaptado
fevereiro 19
Júnior Martim Nunes passa temporada com Italo Ferreira (ENTREVISTA)
fevereiro 19
A subida do mar irá afetar 150 mil portugueses!
fevereiro 19
Vendedores de rua em Nairobi arriscam prisão por utilizarem sacos de plástico
fevereiro 19
Jovem é arrastado por onda e apanha grande susto na Praia do Norte
fevereiro 17
Alex Botelho já deixou os cuidados intensivos do Hospital de Leiria