Homepage

  • Teresa Bonvalot soma e segue no Mundial Junior
    04 janeiro 2017
    arrow
    arrow
  • A jovem surfista portuguesa, Teresa Bonvalot, passou o seu heat em primeiro lugar. Força Teresinha!
  • A portuguesa Teresa Bonvalot qualificou-se hoje para a terceira ronda do Mundial de surf de juniores, impondo-se à australiana Lucy Callister e à sul-africana Kirsty McGillivray, no quarto ‘heat’ da primeira ronda.

    Previsão de ondas para esta semana!

    Em Kiama, Austrália, onde vai decorrer o Mundial até 13 de janeiro, ‘Teresinha’ somou 10,43 pontos (4,33 e 6,10), relegando para a repescagem Callister e McGillivray, que conquistaram 6,56 e 5,20, respetivamente.

    Nos dois últimos Mundiais, disputados na Ericeira, ‘Teresinha’ foi eliminada pela havaiana Mahina Maeda nas meias-finais, em janeiro de 2016, e nos quartos de final da edição anterior, em novembro de 2014.

    Para rever o heat de Teresa Bonvalot, clica aqui e acede ao Heat Replay cedido pela WSL. Para acompanhar toda a ação diretamente da Austrália, podem fazê-lo através do link oficial aqui.

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

    Fotografia: World Surf League Fonte: Sportinforma

Tags
  • Austrália
  • Mundial de Juniores
  • World Surf League
  • Surf
  • Teresa Bonlavot
  • Teresinha
similar News
similar
janeiro 24
Inscrições disponíveis para os primeiros cursos de Treinadores de Surfing Grau I da ASI Portugal em 2022
janeiro 24
Primeiro curso de Treinadores de Nível 1 realizado exclusivamente na Caparica começa este sábado
janeiro 24
Descoberto um dos maiores recifes de coral do mundo no Taiti
janeiro 24
Homem de 57 anos passa 27 horas consecutivas no Pacífico e sobrevive ao tsunami no Tonga
janeiro 23
Documentário sobre o 7º Capítulo Perfeito vai ser transmitido este domingo na TV portuguesa
janeiro 20
Investigação pede fim do 'consumo excessivo' para travar perda da biodiversidade
janeiro 20
Colónia de peixes com 60 milhões de ninhos é descoberta na Antártida