Homepage

powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Depois de mais de 50 anos a surfar, a "madrinha do surf" da Cornualha continua a ser uma fonte de inspiração para aqueles que amam o desporto
  • Gwyn Haslock foi a primeira campeã de surf feminino da Grã-Bretanha e aos 71 anos, ainda mergulha nas águas geladas do inverno da Cornualha.

    Quando começou a surfar na década de 1960, era uma das únicas mulheres a competir e tinha que entrar nas categorias masculinas. Cinco décadas depois, Gwyn ainda continua “na luta”, e surfa quase todos os dias.

    Refletindo sobre como começou a surfar, Gwyn disse: "As pessoas costumavam dizer, 'Eu não acho que possas surfar, a menos que consigas carregar a prancha, e naquela altura as pranchas tinham 3 metros e eram super pesadas. Como estava bastante determinada, coloquei a prancha em cima da cabeça e levei-a para a praia. Foi assim que eu comecei. "

    Mora na casa onde cresceu em Truro, Cornualha. As paredes de sua cozinha estão repletas de fotografias e troféus que Gwyn ganhou ao longo dos anos. Ainda tem filmes vintage de si mesma a surfar na década de 1960.

    Inconvencional, talvez? Gwyn não se incomoda com isso. É independente e nunca permitiu estereótipos de gênero ou barreiras de idade que ficassem entre ela e o desporto que ama.

    Vestida da cabeça aos pés com o seu fato, luvas, botas, gorro e capacete, carrega o seu pequeno carro vermelho, prende a prancha no telhado e lá vai ela para a praia novamente.

    O spot favorito da Gwyn para surfar é na praia de Towan, é aqui que desafia as águas frias de dezembro, fazendo de tudo para apanhar quase todas as ondas. Normalmente é acompanhada pelo seu irmão mais velho, Bob. Foi ele que introduziu a Gwyn ao surf há mais de 50 anos atrás.

    Vendo a irmã orgulhosamente de terra, conta: "A Gwyn faz parte da mafia surfista na Cornualha. Ela estava lá logo no início. Tinha que surfar com os homens em competição porque não havia outras mulheres a surfar. Tornou-se a 'madrinha 'Do surf da Cornualha."

    A Gwyn compara a sensação de surfar, a andar sobre a água. Estima-se que seja a surfista feminina mais velha no país e não tenciona parar tão cedo.

    Comentando sobre suas próprias realizações notáveis, diz: "Às vezes quando vou surfar, olham para mim de uma forma estranha. As pessoas dizem: 'Será que aquela velha vai apanhar alguma coisa?' Então eles vêm que eu realmente consigo apanhar umas ondas e acabam por se sentir inspirados com isso. "

    Fonte - Sky News 

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Gwyn Haslock
  • cornualha
  • surf
  • motivação
  • inspiração
similar News
similar
janeiro 19
Municípios de Matosinhos e Vila do Conde encerram marginais
janeiro 19
Os “ex-futuros” campeões mundiais que estão a envelhecer... sem títulos
janeiro 19
Está a chegar a depressão Gaetan, estado do tempo vai agravar-se
janeiro 19
Alterações climáticas deverão mudar zona das chuvas tropicais
janeiro 19
A super sessão num Outer Reef do North Shore vista de drone (VÍDEO)
janeiro 18
Governo japonês continua a garantir realização de Tóquio'2020, apesar do crescimento da pandemia
janeiro 18
'Bolas de Neptuno', os resíduos que ajudam a retirar o plástico do mar