Homepage

  • Golfinho preso em rede de pesca deu à costa em Santa Cruz
    19 janeiro 2017
    arrow
    arrow
  • Entretanto as autoridades já foram alertadas para a presença do animal na praia, de forma a retirar do local e garantir a saúde publica.
  • Há uns dias foi notícia a passagem de dezenas de golfinhos por Santa Cruz, deliciando os curiosos que por lá passeavam.

    Consulte aqui a nossa live cam de Santa Cruz

    Hoje a notícia é outra.  Lamentavelmente a Praia do Seixo acordou ontem com um cadáver de um golfinho no seu areal, já em grande estado de decomposição. Sem existirem ainda grandes explicações, as fotografias de uma das testemunhas mostram uma rede de pesca enrolada em torno do corpo do golfinho, o que nos leva a acreditar que o animal terá ficado preso em alguma rede de pesca e não sobreviveu.

    Entretanto as autoridades já foram alertadas para a presença do animal na praia, de forma a retirar do local e garantir a saúde publica.

    5 Golfinhos mortos no Grande Porto

    Será que este tipo de artes de pesca é mesmo o mais indicado para pescar e manter alguma sustentabilidade ambiental? Fica a reflexão.

    Fotografias de Nelson Gonçalves, tiradas na manhã (18 Janeiro) na Praia do Seixo, em Santa Cruz Fonte: Sealand

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Vida Animal
  • animal marinho
  • cetaceo
  • golfinho
  • morte
  • redes de pesca
  • Poluição
  • Santa Cruz
  • Torres Vedras
  • Praia do Seixo
pub
similar News
similar
julho 15
Portugal defende título europeu em Santa Cruz
julho 17
Santa Cruz no radar do Nacional de Bodysurf
julho 17
Portugueses convidados para prova de ondas grandes no Brasil
julho 17
Gregos querem punir turistas que apedrejaram peixe-espada
julho 17
Alforreca gigante avistada por mergulhadora
julho 17
Liga MEO Surf no top dos eventos mais reputados em Portugal
julho 17
Mais de 30 tartarugas encontradas mortas em praias no Brasil