Homepage

  • Vasco Ribeiro e Francisco Alves, só um pode ganhar
    19 maio 2016
    arrow
    arrow
  • O histórico global de bons resultados dá vantagem a Vasco mas foi Francisco Alves quem já ganhou na Caparica
  • É já sexta-feira que a Liga MOCHE verá acontecer a sua segunda etapa de 2016, o Allianz Caparica Pro. Entre os dias 8 e 10 de Abril, a praia do CDS recebe novamente os melhores surfistas portugueses que têm em mente apenas uma coisa: o título de campeão nacional masculino e feminino.

    Antevisão de João Antunes sobre o Allianz Caparica Pro

    A dar a cara ao cartaz do evento estão dois surfistas e amigos de longa data que terão de pôr essa amizade de lado e surfar pela vitória no Allianz Caparica Pro, representando bem o mote da Liga: "Amigos Amigos, Ondas à Parte". Vasco Ribeiro, 21 anos, já foi três vezes campeão nacional mas nunca venceu na Caparica. Francisco Alves, 22 anos, foi precisamente o vencedor desta etapa em 2013, ou não fosse essa, literalmente, a “sua” praia. Em entrevista, os dois surfistas revelam o que faz do Allianz Caparica Pro uma etapa de cariz especial.

    Como te correu a primeira etapa da Liga Moche?

    Vasco Ribeiro (VR) - No geral correu bem. Ribeira D’Ilhas é uma onda que adoro e com a qual tenho uma relação especial. Senti-me bem durante todos os heats mas, na final, o Gony [N.R: Zubizarreta, vencedor do Allianz Ericeira Pro by Dakine] esteve muito bem e venceu. [N.R: Vasco ficou em 2º lugar]

    Francisco Alves (FA) - Correu bem. Apesar de ter perdido nos quartos-de-final [N.R: 9º lugar], senti-me bem e foi uma etapa com um nível excelente.

    Que expectativas tens para o Allianz Caparica Pro?

    VR - O objetivo é sempre o mesmo, vencer. Vou dar o meu melhor e continuar a trabalhar para o meu quarto título nacional.

    FA - As expectativas são boas! É uma etapa de que gosto muito pois foi onde aprendi a surfar. É, sem dúvida, uma das minhas etapas favoritas. Mas acho que vai ser um campeonato difícil.

    O que te parece a Costa de Caparica como local para uma etapa da Liga MOCHE?

    VR - É um local muito bom! A zona dos pontões dá sempre ondas boas e tem muito público, pelo que é um local do qual gosto bastante.

    FA - Acho muito bem! É um sítio onde as ondas são muito consistentes e que dá sempre oportunidade para aqueles que estão na água apanharem várias ondas.

    Há quanto tempo conheces o Francisco Alves/Vasco Ribeiro?

    VR - Conheço o Francisco desde que comecei a surfar nos campeonatos de Esperanças. Ficava em casa dele na Costa nessas provas e fomos ficando grandes amigos. É um excelente surfista, muito criativo e tem um surf de backside muito afinado. Faz excelentes tubos de frontside e é perigoso em qualquer tipo de mar.

    FA - Conheço o Vasco desde os meus 10 anos. Competimos juntos desde os Esperanças e ele sempre foi um ícone do surf nacional. Enquanto surfista, o Vasco é muito explosivo e nunca sabemos o que vai fazer na onda. E é muito difícil ganhar-lhe! (risos)

    Francisco, como foi ganhar ao Vasco nesta etapa da Caparica em 2013? [N.R. Alves eliminou Ribeiro nas meias finais em 2013 e viria a ganhar uma etapa da Liga Moche pela primeira vez]

    FA - Foi difícil porque foi um heat disputado! O Vasco caiu numa onda no fim que lhe poderia ter dado a vitória e eu acabei por passar. Mas é, sem dúvida, um privilégio poder competir contra ele. São heats de que gosto muito porque o Vasco está nos heats para surfar pelo que deixo sempre a parte táctica de lado quando vou contra ele. São apenas dois amigos a apanhar umas ondas e o que surfar melhor, ganha!

    Vasco, como foi perder para o Vasco e depois vê-lo ganhar essa prova?

    VR - Na verdade, foi igual a qualquer outra derrota: ninguém gosta de perder!

    Consideras que o Francisco Alves/Vasco Ribeiro pode ganhar o Allianz Caparica Pro?

    VR - Acho que o Francisco pode chegar até à final, depois venço eu! (risos)

    FA - Acho que sim. O Vasco é um sério candidato à vitória em qualquer campeonato!

    Francisco, vais ganhar o prémio Almada Best Surfer? O que vais fazer com o dinheiro?

    FA - Espero que sim! É um bom prémio e desde já agradeço à Câmara pela iniciativa. Se o ganhar, não sei o que vou fazer com o dinheiro, não tenho grandes planos. Acaba por ser mais um prémio pelo qual temos de trabalhar e mais um objectivo a cumprir. Mas claro que ajuda!

    Está assim dado o mote para os “surfistas do cartaz”. Vasco vai procurar a nunca alcançada vitória na etapa da Caparica da Liga MOCHE e Francisco ambiciona voltar ao lugar cimeiro que lhe foge há 3 anos. Ambos não foram além de um 9º lugar (Alves) e 5º lugar (Ribeiro) em 2015. Será que algum deles vencerá em 2016? A concorrência será forte!

    Cartaz:

    Teaser:

     

Tags
  • Costa de Caparica
  • Almada
  • Vasco Ribeiro
  • surf
  • Francisco Alves
  • Costa da Caparica
  • Liga Moche 2016
  • Caparica Pro
  • Allianz Caparica Pro
  • campeonato nacional surf
  • abril
pub
similar News
similar
março 30
Empresários de Cascais lançam iniciativa que pode ajudar as escolas de surf
março 30
COI mantém qualificação de Tóquio’2020 para 2021
março 30
Municípios de Albufeira e Loulé condicionam acesso às praias
março 30
Alex Botelho concede primeira entrevista após acidente na Nazaré
março 30
FPS à caça dos talentos do futuro
março 30
Semana começa chuvosa e fria
março 27
Está a chegar o horário de Verão!