Homepage

  • Trânsito cortado na Marginal este fim de semana
    19 maio 2016
    arrow
    arrow
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Este fim de semana, mais precisamente no Domingo, a marginal de Cascais vai estar cortada entre Carcavelos e S. Pedro do Estoril
  • Este fim de semana, mais precisamente no Domingo, a marginal de Cascais vai estar cortada entre Carcavelos e S. Pedro do Estoril da parte da manhã. Fica o comunicado da Câmara Municipal de Cascais:

    "Caro(a) Munícipe, No âmbito da realização da iniciativa municipal Marginal a Passo de Corrida que celebra em Cascais o Dia Mundial da Atividade Física, o trânsito vai estar cortado na Avenida Marginal entre a Praia de Carcavelos (Rotunda do Forte de S. Julião) e S. Pedro do Estoril (Rotunda Bafureira), entre as 9h00 e as 13h00 de dia 10 de abril.

    A montagem e o evento obrigam, especificamente, aos seguintes condicionamentos:

    • Trânsito cortado no acesso aos estacionamentos em toda a extensão do evento a partir das 6h00 para cargas e descargas.

    • Trânsito cortado das 9h00 às 13h00 nos dois sentidos e interdição de acesso aos estacionamentos do lado mar (desvio de veículos para Av. das Flores e N6-7).

    A circulação automóvel será feita pelas artérias interiores, de acordo com sinalização implementada no local.  Agradecemos a sua compreensão, pedindo desde já desculpa por eventuais transtornos causados.

    Cascais, 30 de março de 2016"

    Live Cam da Praia de Carcavelos | Live Cam da Praia de São Pedro do Estoril

Tags
  • Marginal
  • Trânsito
  • Cortado
  • fim de semana
  • cascais
pub
similar News
similar
janeiro 23
Surf to Win apresenta equipa oficial para 2020
janeiro 24
Lewis Pugh é o primeiro humano a nadar sob camada de gelo na Antártida
janeiro 24
Gondomar retira das serras 3 toneladas de lixo por semana
janeiro 22
Tempestade Glória provoca ondulação inédita no Mediterrâneo
janeiro 23
Vem aí o Pacto Português para os Plásticos
janeiro 23
O ornitorrinco pode desaparecer devido à ocupação humana
janeiro 24
Austrália enfrenta praga de aranhas mortíferas