Homepage

  • Fevereiro de 2016 o mais quente desde que há registo
    19 maio 2016
    arrow
    arrow
  • Os dados da NASA mostram que fevereiro foi mais um mês de recorde no que à temperatura diz respeito.
  • Os dados da NASA mostram que fevereiro foi mais um mês de recorde no que à temperatura diz respeito. Foi o mês de fevereiro mais quente desde que se começou a compilar dados, em 1880.

    Segundo a agência espacial norte-americana, a Nasa, a temperatura média do planeta no mês passado foi 1,35 grau mais alta do que a média dos termómetros entre 1951 e 1980, período usado como parâmetro para medir o aquecimento global.

    Previsão do estado do tempo para hoje

    De acordo com informações da Nasa, as temperaturas da superfície da Terra, em continentes e oceanos, no mês de fevereiro, foram 1.35ºC mais quentes do que a temperatura média para o período. O resultado foi "um verdadeiro choque, e outro lembrete da constante escalada da temperatura global, resultado dos gases produzidos por estufas", escreveu Jeff Masters em um blog, onde analisa as informações do site Weather Underground.

    Uma das razões para este aumento da temperatura nos dois primeiros meses do ano é a maior intensidade do El Niño no Oceano Pacífico. Na comparação ao mesmo fenómeno nos anos de 1997 e 1998, que foi muito mais forte, as temperaturas globais ficaram 0.5ºC mais altas. Peter Hannam referiu que os dados "registaram a maior diferença na média de temperatura de sempre".

    Para Stefan Rahmstorf, do Instituto de Investigação do Impacto Ambiental de Potsdam, Alemanha, "isto é realmente bastante impressionante..."

    O El Niño soma-se ao efeito da emissão de gases poluentes e o anúncio do novo recorde de temperatura média mais alta ocorre depois de a NASA ter indicado, na semana passada, que o seu observatório no Havai registou em 2015 o maior aumento das emissões de gases de dióxido de carbono desde que há registos. O recorde anterior era de 2014 (0,74ºC), e agora 2016 caminha a passos largos para superar a marca do ano passado.

    Outro dado que evidencia a mudança climática pela qual passa o planeta foi fornecido pelo Centro Nacional de Dados sobre Neve e Gelo dos Estados Unidos, de acordo com quem, em fevereiro passado, o gelo marinho no Ártico se estendia por 14,22 milhões de km², o menor valor já registado para o mês.

    Para confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

     

Tags
  • mês
  • mês quente
  • fevereiro
  • 2016
  • NASA
  • temperaturas
  • Registo
  • calor
  • Impacte Ambiental
  • Aquecimento global
  • Peter Hannam
  • Poluição
  • Ozono
  • Ambiente
pub
similar News
similar
março 30
Empresários de Cascais lançam iniciativa que pode ajudar as escolas de surf
março 30
COI mantém qualificação de Tóquio’2020 para 2021
março 30
Municípios de Albufeira e Loulé condicionam acesso às praias
março 30
Alex Botelho concede primeira entrevista após acidente na Nazaré
março 30
FPS à caça dos talentos do futuro
março 30
Semana começa chuvosa e fria
março 27
Está a chegar o horário de Verão!