Homepage

  • Derrames de petróleo colocam Amazónia em estado de emergência
    19 maio 2016
    arrow
    arrow
  • As comunidades vão receber ajuda humanitária. O derrame já foi reportado há mais de um mês...
  • O Governo do Peru declarou no domingo o estado de emergência em 16 comunidades da floresta Amazónia devido a derrames de petróleo na região de Loreto, no nordeste do país.

    A medida, anunciada no diário oficial peruano e que envolve ajuda humanitária às comunidades e assistência nas operações de limpeza, irá perdurar por 60 dias e surge mais de um mês depois de ter sido reportado um derrame no distrito de Imaza, com uma população de 23.000 residentes. Um segundo derrame foi registado a 03 de fevereiro no distrito de Morona, com 9.000 habitantes.

    Em ambos os distritos, os moradores são predominantemente indígenas. Os derrames ocorreram em secções de um oleoduto construído nos anos 1970 e gerido pela companhia estatal PetroPeru que movimenta petróleo a partir da floresta e pelas montanhas dos Andes até às refinarias, através de uma longa rota na costa norte peruana.

    Segundo especialistas ambientais, os derrames devem-se à deterioração da infraestrutura, pelo que a PetroPeru foi multada em 3,6 milhões de dólares pela falta de manutenção do equipamento.

    No início de fevereiro, o Governo considerou haver uma emergência ao nível da saúde na região por o petróleo ter poluído os rios que fornecem água potável nos distritos afetados. Um grupo defensor dos direitos dos indígenas informou que desde 2010 ocorreram 11 derrames de petróleo na região amazónica do Peru.

    Fonte: DN | Foto: Wiki

Tags
  • Habitat Natural
  • Natureza
  • Amazónia
  • Peru
  • Loreto
  • Petróleo
  • Derrame
  • Poluição
pub
similar News
similar
janeiro 23
Surf to Win apresenta equipa oficial para 2020
janeiro 24
Lewis Pugh é o primeiro humano a nadar sob camada de gelo na Antártida
janeiro 24
Gondomar retira das serras 3 toneladas de lixo por semana
janeiro 22
Tempestade Glória provoca ondulação inédita no Mediterrâneo
janeiro 23
Vem aí o Pacto Português para os Plásticos
janeiro 23
O ornitorrinco pode desaparecer devido à ocupação humana
janeiro 24
Austrália enfrenta praga de aranhas mortíferas