Homepage

  • Capítulo Perfeito: Os prognósticos dos Embaixadores
    19 maio 2016
    arrow
    arrow
  • Embaixadores do evento revelam as suas expetativas para o maior espetáculo do surf nacional
  • Continua a espera por ondas perfeitas na Praia do Norte, onde este ano se vai realizar o Allianz Capítulo Perfeito powered by Billabong, evento que volta a reunir os melhores surfistas nacionais e internacionais numa disputa pelas melhores ondas da costa portuguesa.

    Nic von Rupp e Tiago Pires encabeçam a lista de atletas nacionais convocados para esta competição especial, cujos participantes foram escolhidos pelo público numa votação online que decorreu no início de janeiro e que trará a Portugal alguns dos mais consagrados tube riders da atualidade, como Bruce Irons, Bobby Martinez, Bruno Santos e Damien Hobgood, entre outros.

    Numa altura em que as expetativas atingem níveis máximos, com o aproximar do fim do período de espera (a 17 de março) e a eminência de a prova poder realizar-se a qualquer momento, desafiámos alguns dos Embaixadores do Evento – Pedro Lima, Tiago Teotónio Pereira, Manuel Sá Pessoa e Ricardo Trêpa – a partilharem connosco as suas previsões para aquele que é considerado o maior espetáculo do surf nacional. Aqui ficam os prognósticos dos Embaixadores do Allianz Capítulo Perfeito powered by Billabong.

    Quais são as tuas expetativas para esta edição do Capítulo Perfeito, que pela primeira vez se vai realizar na majestosa Praia do Norte, na Nazaré?

    Pedro Lima: As expetativas têm a ver com o conceito do evento, ou seja, condições perfeitas para a prática do surf. Ondas mais pesadas, tecnicamente só ao alcance dos melhores do mundo, com o incentivo de este ano termos mais atletas estrangeiros, consagrados no universo do surf, e termos alguns dos melhores portugueses a competir com eles. Tiago Teotónio Pereira: As minhas expetativas são as maiores porque estamos o ano todo a ver imagens de surfistas que lançam videoclips de sessões em que apanharam a Praia do Norte com condições perfeitas. Este ano vamos ver os melhores surfistas nacionais e também os maiores do mundo a surfar lá naquele que vai ser o melhor dia de um período de espera de dois meses, por isso as expetativas não podiam ser melhores.

    Tiago Teotónio Pereira: As minhas expetativas são as maiores porque estamos o ano todo a ver imagens de surfistas que lançam videoclips de sessões em que apanharam a Praia do Norte com condições perfeitas. Este ano vamos ver os melhores surfistas nacionais e também os maiores do mundo a surfar lá naquele que vai ser o melhor dia de um período de espera de dois meses, por isso as expetativas não podiam ser melhores.

    Manuel Sá Pessoa: As expetativas estão muito altas porque as condições que se procuram não são condições fáceis. No ano passado em Carcavelos, por exemplo, o mar esteve com bastante tamanho e pesado [durante o evento], o que para os surfistas foi até um desafio. Na Praia do Norte vai ser ainda mais complicado se as condições forem semelhantes às do ano passado. Vai prometer ainda mais aventura, mais dificuldade e um espetáculo ainda maior.

    Ricardo Trêpa: O que eu espero é que apareçam as condições tão desejadas, tanto pela organização como pelos atletas e pelo público, para assistir a um grande evento à altura do Capítulo Perfeito.

    Quem vai levar o troféu?

    Pedro Lima: Aposto no Nicolau [von Rupp], que tem sido um crónico finalista ou vencedor. Tiago Teotónio Pereira: Eu sou um bocado faccioso… Tenho de dizer que é o Nicolau, que é um dos meus melhores amigos. Torço por ele. Ele já venceu duas vezes e foi vicecampeão no ano passado, por isso não é nada descabido.

    Manuel Sá Pessoa: A Praia do Norte não é um lugar onde seja propriamente fácil decifrar qual é a onda certa para ter o melhor score, por isso acredito que os portugueses vão ter vantagem, nomeadamente aqueles que mais frequentemente lá têm ido, como o Nicolau e o Alex Botelho. Depois temos os internacionais que, por todo o historial, vão dar muita luta. Eu apostaria no Bruce Irons, que nunca se dá muito bem nos campeonatos mas é capaz de fazer um heat com scores muito altos, e no Bruno Santos, que é um tube animal. Já cá esteve muitas vezes e sei que já surfou na Nazaré.

    Ricardo Trêpa: O João Guedes. É um talento enorme e, nos últimos anos, tem investido na sua preparação para enfrentar ondas grandes e de consequência. Pode ser a grande surpresa.

    Quem vai protagonizar o maior tubo, a onda nota 10?

    Pedro Lima: Talvez o Marco Giorgi, que tem feito boas prestações nos últimos tempos, nomeadamente no Havai. Parece-me estar bastante em forma e com capacidade para lidar com as ondas desafiantes que a Nazaré oferece.

    Tiago Teotónio Pereira: Entre os surfistas nacionais, já vi todos eles darem grandes tubos, tanto ao vivo como em vídeos, mas estou com muita expetativa para ver os prós internacionais a mandar aqueles tubões. Acompanhei a carreira de todos eles mas poucos vi surfar ao vivo, e gostava de o poder fazer na Nazaré este ano. Tenho a certeza de que vou ser surpreendido. Manuel Sá Pessoa: Talvez o Bobby Martinez. Quando tivemos o primeiro Rip Curl Pro em Peniche as condições estavam gigantes, dificílimas, e o Bobby deu um espetáculo fora de série. Acredito que seja um homem que vai trazer muita emoção à praia.

    Ricardo Trêpa: Não sei. Há atletas portugueses muito bons, como o Tiago Pires. Temos também grandes atletas de fora, como o Bruce Irons, que é um grande cabeça de cartaz. Pessoalmente torço pelos portugueses, nomeadamente pelo João Guedes, por quem tenho uma grande admiração como atleta.

    Quem vai protagonizar o maior wipeout, a queda mais aparatosa?

    Pedro Lima: O Alex Botelho. Já tem currículo. (risos)

    Tiago Teotónio Pereira: Não sei, mas estou curioso. Estou muito curioso para ver como vai estar o mar, aqueles “cacetes” de meter medo e impor respeito.

    Manuel Sá Pessoa: Há muitos anos, o Martin Potter dizia sobre Pipeline: “Ou mandas um grande tubo, ou mandas um grande baldo; o público vai adorar e aplaudir de qualquer maneira”. Eu acho que o Nicolau, por aquilo que fez há umas semanas em Pipeline, vai mandar ou um grande tubo, ou um grande baldo! (risos) Ele vai ganhar alguma coisa de certeza!

    Ricardo Trêpa: Qualquer um deles. Nas condições de mar que esperamos que venham a verificar-se no dia do Capítulo Perfeito, exatamente pela coragem, pela ousadia e também por alguma falta de sorte naquele preciso momento, qualquer um dos participantes pode dar o wipeout do dia.

    O Allianz Capítulo Perfeito powered by Billabong é homologado pela Federação Portuguesa de Surf (FPS), patrocinado por Allianz, Billabong, Câmara Municipal da Nazaré, Kia e MEO e conta com os media partners RTP, Fuel TV, Jornal i, Mega Hits, SURFPortugal, Beachcam, Surf Session, Fluir, Waves e Surfing Life.

     

Tags
  • Allianz Capítulo Perfeito powered by Billabong 2016
  • billabong
  • capitulo perfeito
  • praia do norte
  • nazaré
  • Canhão da Nazaré
  • Tubos
  • Ricardo Trêpa
  • Pedro Lima
  • Manuel Sá Pessoa
  • Tiago Teotónio Pereira
pub
similar News
similar
setembro 25
Equipa lusa do The Climate Reality Project promove ação nacional de limpeza de praias
setembro 25
Guincho vai receber o Campeonato Nacional de Kitesurf da FPKite
setembro 24
Projeto de salvamento aquático da AESDP e ISN a caminho de Sagres
setembro 24
Domingo é dia de limpar a Praia de Santa Rita
setembro 24
ISN estreia-se a emitir um Edital de Piscina
setembro 24
Equipas de resgate já salvaram 88 baleias-piloto encalhadas na Tasmânia
pub