Homepage

  • Revilhão gelado mas sem chuva no continente
    30 dezembro 2016
    arrow
    arrow
  • Em Portugal continental, o IPMA prevê uma noite de passagem de ano que deverá ser fria, mas sem chuva.
  • Muito frio e pouca chuva, é o que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para este fim de semana de passagem de ano em território de Portugal continental.

    Já a passagem de ano na Madeira, vai ser marcada pela chuva, que poderá ser por vezes forte. Também é esperad vento com rajadas até 80 quilómetros por hora nas terras altas, informou o Instituto do Mar e da Atmosfera.

    Em comunicado, o IPMA adiantou que entre os dias 31 de dezembro (sábado) e dia 2 de janeiro (segunda-feira) ocorrerá precipitação persistente, que poderá ser por vezes forte na ilha.

    O Instituto avançou também que com a “ocorrência de precipitação, deverá dar-se a deposição das poeiras em suspensão (chuva de lama) que se encontram nos níveis baixos da atmosfera e que são provenientes do continente africano”.

    A previsão aponta também para vento moderado a forte predominando de sueste, com rajadas até 80 quilómetros por hora, em especial nas terras altas, e agitação marítima no quadrante sul da costa sul com ondas até três metros.

    A agitação marítima manter-se-á do quadrante sul na costa sul com ondas até 3 metros.

    O IPMA explicou que o estado do tempo no arquipélago da Madeira “vai ser condicionado pela ação de um anticiclone, relativamente intenso localizado sobre a Europa Central e a partir de dia 31 de uma depressão à qual estará associada uma superfície frontal fria”.

    A temperatura máxima irá variar aproximadamente entre 18 e 21ºC e a mínima entre 14 e 16ºC.

    No que diz respeito aos Açores, o IPMA prevê no sábado e domingo céu com períodos de nebulosidade e com a ocorrência de aguaceiros em todas as ilhas e vento bonançoso a moderado do quadrante norte.

    Neste período as temperaturas mínimas deverão variar entre os 13/15ºC e as temperaturas máximas entre os 17/19ºC.

    Em Portugal continental, a noite de passagem de ano deverá ser fria, mas sem chuva.

    Até dia 1 de janeiro de 2017, o estado do tempo em Portugal continental vai continuar a ser condicionado por um anticiclone localizado na Europa Central.

    O IPMA prevê céu pouco nublado ou limpo, vento fraco a moderado do quadrante leste, sendo temporariamente forte nas terras altas do Centro e Sul, neblina ou nevoeiro matinal, em especial nas regiões do interior, e formação de geada.

    As temperaturas não terão variações significativas, sendo que a máxima deverá variar entre 15 e 18ºC no litoral Norte e Centro e na região Sul, sendo inferior no interior Norte e Centro onde não deverá ultrapassar 14ºC.

    A temperatura mínima vai variar aproximadamente entre 4 e 8ºC, sendo inferior a 4ºC no interior das regiões Norte e Centro, onde poderá em alguns locais chegar a -4ºC.

    O Instituto indicou ainda que no início do ano de 2017, devido à aproximação e passagem de um sistema frontal o céu tornar-se-á em geral muito nublado, e prevê-se ocorrência de precipitação a partir da tarde de dia 01 e em especial no dia 02, havendo possibilidade de queda de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela.

    Bom ano e agasalhem-se bem!

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, basta consultar a nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • temperaturas
  • passagem de ano
  • revilhão
  • frio
  • chuva
  • Portugal
  • madeira
  • Previsão do tempo
  • meteorologia
  • Instituto Português do Mar e da Atmosfera
  • IPMA
  • ondas
pub
similar News
similar
outubro 30
Estação Salva-vida de Cascais prestou apoio a 5 surfistas
outubro 30
Aprovado projeto do Ericeira Surf Clube para comemorar o 10º aniversário da Reserva Mundial de Surf
outubro 30
Temperaturas amenas e aumento da nebulosidade no fim de semana
outubro 30
Praia de Melides vai ter um novo passadiço
outubro 30
Mais de 375 kg de lixo recolhidos em ação de limpeza costeira em Sesimbra
outubro 30
Outubro está a acabar e pela primeira vez o Mar de Laptev ainda não congelou
outubro 29
Coral com 500 metros de altura foi descoberto na Grande Barreira
pub