Homepage

  • Campeões Nacionais de Skimboard 2016
    16 novembro 2016
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Comunicado de Imprensa
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Três novos e inéditos campeões nacionais.
  • Grande festa durante todo o fim-de-semana em S. Pedro do Estoril. Três novos e inéditos campeões nacionais tiveram de esperar até à entrega de prémios para saberem quem seria coroado. Apesar de a ondulação não colaborar, o que obrigou a organização a um trabalho minucioso na escolha da melhor altura para realizar a prova, os atletas inscritos na última etapa do circuito nacional de Skimboard deram espectáculo na prova mais técnica dos últimos anos. Para ganhar era necessário escolher bem as ondas, o timing, o local e angulo para as atacar e realizar manobras com nível técnico elevado para se diferenciarem dos restantes competidores.

    No sábado, realizaram-se a primeira e segunda rondas da categoria Open e durante a tarde a final feminina. Francisca Freire, a Kika, foi a mais forte. Com uma corrida muito intensa, a Kika conseguiu chegar às ondas com velocidade para executar bonitas curvas, sagrando-se Campeã Nacional. Maria Marques ficou em segundo lugar a 0,35 pontos, Raquel Almeida e Rita Brito classificaram-se, respectivamente, em terceiro e quarto lugar.

    Domingo foi o dia de todas as decisões no Open e nos Sub 16. João Luz ganhou na categoria dos mais novos, mas não foi fácil. Com os dois picos da praia a funcionar, os atletas dividiram-se e foi Bernardo Crespo quem começou a liderar. Ao longo da bateria, os atletas realizaram ondas com notas medianas e só no final tudo ficou resolvido, com duas ondas boas do João Luz a garantirem o título. Miguel Silva ficou em segundo lugar, Bernardo Crespo em terceiro (vice-campeão nacional) e Gonçalo Ferreira em quarto. Muita luta e emoção nesta final que pela qualidade técnica que os atletas apresentaram demonstra que o futuro do Skimboard está garantido.

    Na final Open tudo se decidia entre Simão Pinto e Eduardo Joaquim. Simão, que esteve exemplar durante todo o fim-de-semana, abriu a bateria com uma onda de cinco e outra de sete pontos, deixando a concorrência a necessitar de ondas na casa dos nove pontos. Eduardo Joaquim (terceiro lugar) realizou duas boas ondas a meio da bateria mas não conseguiu chegar ao nível apresentado pelo Simão que completava as ondas com 360 pop shove it ou curvas pronunciadas. Afonso Ruiz fez uma selecção de ondas fraca e, apesar da qualidade técnica demonstrada, ficou em quarto lugar. Ricardo Dias, pelo contrário, apenas realizou cinco ondas, sendo muito criterioso no tipo de onda que escolhia para aplicar o seu surf, conseguindo ficar em segundo lugar.

    No próximo fim-de-semana temos o I Trofeu Cascais e o Campeonato do Surfing Clube Portugal. Animação garantida e, pelas previsões, as ondas não vão faltar.    

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • skimboard
  • Estoril Surf Festival
  • 2016
  • campeões nacionais
  • Fonte
    Comunicado de Imprensa
pub
similar News
similar
março 30
Jogos Olímpicos de Tóquio'2020 já têm nova data
março 30
Camada de ozono acima da Antártida está a recuperar e já travou mudanças preocupantes
março 30
Erupção do vulcão Merapi lança cinzas a 5 mil metros de altura (Vídeo)
março 30
COI mantém qualificação de Tóquio’2020 para 2021
março 30
Clube de Surf de Faro lança Surf & Fitness em Casa
março 30
Empresários de Cascais lançam iniciativa que pode ajudar as escolas de surf
março 30
Municípios de Albufeira e Loulé condicionam acesso às praias