Homepage

  • Surf feminino precisa de um milagre em Maui
    14 outubro 2016
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Bianca Buitendag terá de chegar à final em Honolua Bay para ainda ter esperanças na requalificação.
  • O título mundial feminino de surf ficou decidido quando ainda falta uma etapa para o final do circuito. Contudo, o Maui Women’s Pro atrairá ainda muito interesse. Primeiro porque é disputado em Honolua Bay, uma das melhores direitas do Mundo, e depois porque ainda existem algumas contas a fazer no ranking.

    Com Tyler Wright a arrecadar o título, as atenções viram-se agora para a luta pela manutenção no Women’s World Tour. E neste campo há uma surfista em especial que corre o sério risco de cair da elite feminina mundial, mesmo sendo uma das melhores competidoras do Mundo.

    Bianca Buitendag foi top 4 mundial no ano passado e o seu poderoso surf de backside é dos mais letais do circuito. Contudo, a segunda metade de 2016 não correu nada bem à gigante sul-africana, que ocupa o 12.º posto, precisando de um verdadeiro milagre para conseguir ficar no top 10 após o evento havaiano.

    Ainda com 22 anos – completa 23 no próximo mês – e com um largo futuro pela frente, Bianca Buitendag seria uma enorme perda para o WWT. Não só pelo talento que tem, como também pela personalidade única em termos do circuito. Poucos deram pela sua queda repentina, mas agora soou o alarme.

    Bianca precisa de um milagre. Acima de tudo, é o surf feminino que também precisa dele, uma vez que a goofy africana é daquelas personagens raras no mundo do surf, onde o soul marca sempre presença. A etapa de Maui será assim decisiva para a sua continuidade na elite, onde chegou em 2013, tendo sido a rookie do ano.

    Sem competir muito no WQS, o destino de Buitendag está entregue exclusivamente ao último evento do ano do WWT. Apesar de estar somente a dois postos do cut, são já 7.150 pontos que a separam do 10.º posto da australiana Laura Enever. Algo que obriga a sul-africana a ter de chegar à final para ainda ter esperanças.

    Ainda assim, teria de esperar que Enever não passasse da 2.ª ronda e que Nikki van Dijk (11.ª) não vencesse o evento. Caso Enever chegue à 3.ª ronda, Buitendad terá de vencer em Honolua Bay. Se Laura Enever chegar aos quartos-de-final o sonho de Bianca chega ao fim. O dela e o de muitos fãs do surf mundial.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Maui Women's Pro
  • Bianca Buitendag
  • WWT
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
abril 03
Liga MEO Surf Super Ranking – Quem foi o melhor surfista da década?
abril 03
Fim de semana será de chuva em todo o país
abril 02
Câmara de Sesimbra interdita acesso às praias do concelho
abril 02
Quarentena afasta curiosos da reprodução das tartarugas-oliva na Índia
abril 03
Não resistiu ver Malibu a quebrar perfeito e… acabou detido
abril 02
Dezenas de tartarugas-de-pente nascem numa praia brasileira deserta
abril 02
Poluição do ar também cai abruptamente na Índia
pub