Homepage

  • Temperatura da água com valores máximos
    05 setembro 2016
    arrow
    arrow
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • As elevadas temperaturas da água do mar verificadas este ano nas praias do Algarve deveram-se à persistência pouco habitual do vento de levante, durante os meses de julho e agosto.
  • Este tem sido um verão especialmente quente. Também no que diz respeito à água do mar. As temperaturas altas da água têm batido recordes e, agora, o Instituto Hidográfico registou um novo registo máximo em relação aos últimos 16 anos.

    Consulta aqui a previsão de surf para esta semana!

    Estes aumentos significativos em relação a anos anteriores aconteceu um pouco por todo o país, mas especialmente na região do Algarve e Costa Vicentina. As elevadas temperaturas da água do mar verificadas este ano nas praias do Algarve deveram-se à persistência pouco habitual do vento de levante (que sopra do quadrante este), durante os meses de julho e agosto.

    A ação deste vento sobre a superfície do mar provocou, para além de uma agitação marítima de sudeste com altura significativa superior a 1m, o arrastamento das massas de água à superfície do mar para junto da costa, o que permitiu o seu aquecimento ao longo deste últimos 2 meses.

    As bóias fundeadas ao largo do Algarve registaram este ano uma temperatura média de 22.3°C em julho e de 23.9°C em agosto. Estes valores correspondem a um aumento de 2°C e de 2.7ºC relativo às respetivas médias dos últimos 16 anos (2000-2015). O máximo registado este ano foi de 26.5°C no dia 28 julho, correspondendo a um valor muito próximo do máximo histórico registado em 2010 (26.6ºC).

    Já as altas temperaturas da água do mar que se registaram em meados de agosto ao longo da costa vicentina tiveram origem no Algarve, onde as massas de água aqueceram ao longo dos meses de julho e agosto.

    No entanto, o processo oceanográfico que transportou estas massas de água até Sines, Tróia e mesmo Sesimbra não se deve apenas ao vento de levante registado no Algarve, mas à conjugação deste episódio com a ausência da nortada (vento de norte) ao longo da costa oeste de Portugal, que habitualmente sopra com intensidade neste período do ano.

    Foi registada a passagem desta corrente de água mais quente, entre os dias 11 e 20 de agosto. Este episódio levou a um aumento da temperatura média registada por esta bóia, alcançando 19.7°C, cerca de 1.6°C superior à média dos últimos 16 anos (2000-2015). Este ano registou-se mesmo um máximo histórico de 23.1°C, no dia 19 agosto, superior em cerca de 1.5°C ao máximo anteriormente registado em agosto. ​

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Temperatura do mar
  • Algarve
  • Costa Vicentina
pub
similar News
similar
setembro 29
Tomás Lacerda e Verónica Silva são campeões nacionais de SUP Race Técnico
setembro 29
Presença de Alex Botelho marcou segunda formação 'Surf & Rescue'
setembro 29
MEO Portugal Cup of Surfing está ON em Ribeira d’Ilhas
setembro 28
MEO Portugal Cup of Surfing junta o surf e a sustentabilidade
setembro 25
Projeto 'The Unwanted Shapes' vai estar presente no MEO Portugal Cup of Surfing
setembro 28
Nuno Vitorino vai competir no nacional britânico de surf adaptado
setembro 28
Kikas: “Felizmente, em Portugal as previsões do mar não são descuradas”  
pub