Homepage

  • Red Bull Cliff Diving regressa a Mostar
    20 setembro 2016
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Romina Amato | Red Bull Content Pool
  • Fonte
    Comunicado de Imprensa
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • No próximo fim-de- semana (24 de setembro) a ponte será encerrada para a realização da sétima etapa do circuito mundial.
  • Para a comunidade de atletas de saltos para a água de grande altura, a velha ponte de Mostar – na Bósnia e Herzegóvina – tem um significado especial. Manter viva uma tradição que data do século XVII é o objetivo de mais uma visita do Red Bull Cliff Diving World Series (24 de setembro). A competição entra assim numa fase decisiva no que respeita à luta pelo título. Gary Hunt e Rhiannan Iffland são os mais fortes candidatos.

    Consulta já a previsão completa de ondas para esta semana!

    Classificada como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, a velha ponte de Mostar – na Bósnia e Herzegóvina – é um dos mais belos bilhetes postais do interior dos balcãs. Para além da pérola turística, este é um local com um significado muito especial para a comunidade dos atletas de saltos para a água de grande altura. A tradição de saltar desta ponte remonta ao século XVII e nos últimos anos tem sido mantida por algumas das estrelas do Red Bull Cliff Diving World Series: foi o próprio Orlando Duque – considerado o maior embaixador da modalidade – que “inaugurou” a ponte em 2004, quando esta foi reaberta após a conclusão do restauro decorrente da sua destruição parcial durante a guerra civil que assolou aquela região nos anos 90 do século passado.

    No próximo fim-de- semana (24 de setembro) a ponte será encerrada para a realização da sétima etapa do circuito mundial – dando continuidade ao périplo iniciado nos Estados Unidos da América em junho passado. Desde então houve visitas à Dinamarca, Portugal (Açores), França, Itália e Reino Unido.

    Quando estão cada vez mais próximas as decisões da época de 2016, o britânico Gary Hunt – que detém um recorde de cinco títulos do Red Bull Cliff Diving World Series – continua a ser o mais forte candidato. No entanto, as duas últimas etapas vieram contrariar esta tendência (vencidas pelo russo Artem Silchenko e pelo checo Michal Navratil) – dando novas esperanças ao mexicano Jonathan Paredes, segundo da classificação geral após seis etapas.

    Contrariamente ao que está a acontecer nos masculinos, a época das senhoras tem sido algo atípica – com a “wildcard” australiana Rhiannan Iffland a dominar por completo e a deitar por terra o habitual domínio das saltadoras norte-americanas. Uma prestação ainda mais surpreendente se tivermos em conta que esta atleta está ainda a dar os seus primeiros passos no Cliff Diving!

    A etapa será transmitida em direto para todo o mundo na Red Bull TV (www.redbull.tv), no dia 24 de setembro, a partir das 13:20 horas (em Portugal Continental), com acesso gratuito através das mais diversas plataformas e em www.redbullcliffdiving.com.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Red Bull Cliff Diving
  • Mostar
  • Fotografia
    Romina Amato | Red Bull Content Pool
  • Fonte
    Comunicado de Imprensa
similar News
similar
setembro 17
Formação 'Surf & Rescue' a caminho da Figueira da Foz
setembro 17
Voluntários vão limpar a Praia do Cabedelo este sábado
setembro 17
Pure Piraña, a hard seltzer que refresca o verão
setembro 16
Bom Petisco Peniche Pro arranca com nota 10 e festa de tubos
setembro 17
Bom Petisco Peniche Pro: Dia dedicado ao surf feminino em Supertubos
setembro 17
Baía do Funchal acolhe terceira etapa do Circuito Regional da Madeira de SUP Race 2021
setembro 16
Esta sexta-feira começa o 1º Save The Waves Film Fest Azores Tour