Homepage

  • Kanoa Igarashi vence o QS6000 de Pantín
    05 setembro 2016
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Em relação aos portugueses, a melhor prestação acabou por ser a de Miguel Blanco, que terminou no 17.º posto após uma surpreendente performance.
  • Foi um triunfo absolutamente dominador. Kanoa Igarashi alcançou este domingo a vitória no Pantin Classic Galicia Pro, evento com o estatuto QS6000 que decorreu nas ondas da Galiza. 

    Após um dia final que chegou a ser ameaçado pelo nevoeiro cerrado que se fez sentir em Pantín, o campeão acabou mesmo por ser encontrado, com o rookie norte-americano do World Tour a não dar qualquer hipótese à concorrência.

    Kanoa venceu todos os heats em que entrou, logo desde a 2.ª ronda, conseguindo sempre scores altos. Após a decisão de avançar até à final em heats de quatro surfistas, uma vez que o tempo já era escasso, Igarashi não abrandou e continuou a brilhar bem alto em Pantín.

    Na final do evento galego, Kanoa Igarashi teve pela frente um forte trio brasileiro, mas os 16,43 pontos somados garantiram-lhe um triunfo folgado. Michael Rodrigues (14,80), Tomas Hermes (14,77) e Ian Gouveia (14,04) acabariam por terminar no 2.º, 3.º e 4.º posto, respetivamente.

    Com este importante triunfo, Kanoa subiu ao 5.º posto do ranking WQS, que continua a ser liderado pelo italiano Leo Fioravanti. Esta é uma posição que deixa o talentoso jovem norte-americano resguardado caso não consiga garantir a requalificação para 2017 via o World Tour.

    Em relação aos portugueses, a melhor prestação acabou por ser a de Miguel Blanco, que terminou no 17.º posto após uma surpreendente performance. O auge de Blanco foi na 3.ª ronda, quando conseguiu um incrível score de 18,10 pontos, ajudando a eliminar o francês Nelson Cloarec e o australiano Ethan Ewing, número 2 do ranking.

    Contudo, o jovem português acabaria por cair na 4.ª ronda, onde foi derrotado por Leo Fioravanti e Michael Rodrigues, terminando assim a sua prestação no 17.º posto. Já Frederico Morais terminou no 25.º posto, após ser eliminado na 3.ª ronda, na mesma fase que Nic von Rupp, embora este tenha ficado no 37.º posto.

    Com este importante resultado, Miguel Blanco salvou a honra nacional na prova masculina e ainda conseguiu 1.050 pontos, o que permitiu uma subida de 51 posições até ao 126.º posto do ranking, bem à porta do top 100 mundial.

    Quanto aos outros portugueses, Kikas desceu uma posição para o 33.º posto e mantém-se como número um nacional. Pedro Henrique é o 62.º do ranking e Vasco Ribeiro é 84.º classificando, fechando a presença portuguesa no top 100 mundial.

    Destaque ainda para a subida de 19 posições de Nic von Rupp até à 112.ª posição. José Ferreira é 117.º classificado, Tomás Fernandes 138.º e, por fim, Marlon Lipke é o último representante nacional no top 200 mundial, estando na 161.ª posição.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • wqs
  • Pantin Classic Galicia Pro
  • Miguel Blanco
  • Kanoa Igarashi
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
outubro 28
Espanha cancela provas do nacional de surf devido à pandemia
outubro 28
Encontrei um animal marinho arrojado na praia. O que devo fazer?
outubro 27
O Canhão da Nazaré vai voltar à carga: Swell gigante a chegar
outubro 28
Previsão de agitação marítima forte coloca 7 distritos sob aviso laranja
outubro 28
Segunda edição do Nazare Tow Surfing Challenge já tem data marcada
outubro 28
26 provas de que o melhor John John Florence está de volta
outubro 27
Anualmente, quase 230 mil toneladas de plástico são deitadas no Mediterrâneo
pub