Homepage

  • FPS embaixadora do projeto Casa das Cores
    16 setembro 2016
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Divulgação
  • Fonte
    Comunicado de Imprensa
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Casa das Cores traduz-se num Centro de Acolhimento Temporário para crianças em perigo.
  • De 17 a 25 de setembro vai decorrer o VISSLA ISA World Junior Surfing Championship, o Mundial Júnior de Surf que elege a melhor seleção de surfistas juniores do mundo, em S. Miguel, Açores.

    Além dos treinos diários e dos olhos postos no pódio, os 12 atletas e equipa técnica que compõem a seleção nacional de surf, em conjunto com a Federação Portuguesa de Surf, associam-se a uma causa de cariz social e sensibilizam a comunidade surfista na importância de casas de acolhimento e da integração de jovens em sociedade. Assim, tornam-se embaixadores solidários do projeto Casa das Cores – Crescer como Criança.

    Casa das Cores traduz-se num Centro de Acolhimento Temporário para crianças em perigo, cuja proteção e garantia de direitos passa, em determinado momento das suas vidas, pela institucionalização.

    Com início em 2009, este centro tem capacidade para receber 12 crianças de ambos os sexos, onde se possam criar as condições mais próximas das de um ambiente familiar saudável e equilibrado e que permita a construção e concretização de projetos/objetivos de vida. Além da vertente de acolhimento, a Casa das Cores tem também como objetivo a aposta no trabalho de mediação e reestruturação dos laços familiares, o apoio às famílias, consciencializando-as para uma maior eficácia no desempenho das suas funções parentais e a análise e encaminhamento de cada caso concreto que requeira respostas exigentes.

    No decorrer do campeonato, estão previstas ações nas redes sociais como vídeos e fotografias que enfatizarão o papel da equipa da seleção e da FPS como embaixadores.

    João Aranha, Presidente da Federação Portuguesa de Surf, afirma “a importância de associar o desporto, nomeadamente o surf, a este tipo de causas e, por sua vez, de sensibilizar a comunidade surfista mundial para a necessidade de apoiar as crianças com enorme potencial para, quem sabe, serem, um dia, surfistas também. Além do mais, um Mundial Júnior de Surf, sendo umas das principais provas de surf do mundo, poderá também ter um papel de aprendizagem social, a par da competição”.

    “Estamos muito contentes por sermos embaixadores da Casa das Cores. Gostava que todas as crianças se sentissem acolhidas e tivessem as mesmas oportunidades que nós tivemos” indica Luís Perloiro, o mais velho atleta masculino da seleção.

    Site oficial Casa das Cores www.msv.pt/

    Facebook Oficial Federação Portuguesa de Surf https://www.facebook.com/FPSurf

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Açores
  • Federação Portuguesa de Surf
  • Fotografia
    Divulgação
  • Fonte
    Comunicado de Imprensa
pub
similar News
similar
outubro 22
Cerca de 1 milhão de toneladas de equipamentos de pesca chega aos oceanos anualmente
outubro 22
BV2, o novo modelo da Chilli Surfboards já está disponível em Portugal
outubro 22
Surfista preso em zona de falésia é resgatado em Aljezur
outubro 22
Bernardo Jerónimo avança mais uma ronda no Frontón King 2020
outubro 22
Bom Petisco Cascais Pro alimentado a 60% com energia solar
outubro 21
Costa da Morte, na Galiza, quer ser Reserva Mundial de Surf
outubro 21
Salvamentos aumentaram nas praias portuguesas na época balnear de 2020
pub