Homepage

  • Candidatos começam a assumir-se nos Açores
    23 setembro 2016
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ISA | Evans
  • Fonte
    Comunicado de Imprensa
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Os surfistas que melhor se adaptaram foram, sem surpresas, os havaianos, australianos, sul-africanos, franceses e tahitianos.
  • O sexto dia de prova do Vissla ISA World Junior Championship 2016 foi crucial para se perceber quais serão verdadeiramente as nações candidatas às medalhas colectivas deste campeonato mundial júnior de surf por equipas.
     
    Com vento fraco e algumas das melhores ondas registadas esta semana, na casa de 1,5 a 2m, a Praia do Monte Verde, na Ribeira Grande, proporcionou condições pesadas mas excelentes para o grande espetáculo a que hoje se assistiu.
     
    Os surfistas que melhor se adaptaram foram, sem surpresas, os havaianos, australianos, sul-africanos, franceses e tahitianos, que obtiveram vitórias mais confortáveis dos seus surfistas nas categorias sub-18 e sub-16 masculinas realizadas hoje.
     
    Mas um dos heróis do dia foi o brasileiro Wesley Dantas, que durante a sua bateria de apenas 20 minutos teve de voltar a terra por duas vezes, uma para trocar a lycra de competição e outra para substituir uma prancha entretanto partida. Mesmo depois deste autêntico “Ironman” de surf, Wesley ainda conseguiu vencer uma bateria difícil e avançar para a quinta fase com distinção.
     
    “Foi uma bateria fora do comum, de facto!”, afirmou o simpático brasileiro. “Mas acabou dando tudo certo, graças ao treino físico e, sobretudo, psicológico que eu e o meu irmão temos feito, como preparação para os eventos. Espero continuar a conseguir mostrar bom surf e a avançar”, concluiu o irmão do top mundial Wiggolly Dantas.
     
    Outros destaques ficaram por conta de surfistas como o peruano Alonso Correa, do francês Léo-Paul Etienne, dos espanhóis Luis Diaz e Iker Amatriain, dos japoneses Daiki Tanaka e Yuji Mori, dos sul-africanos Adin Masencamp e Koby Oberholzer, do brasileiro Samuel Pupo, dos havaianos Barron Mamiya, Cody Young e Finn McGill, do norte-americano Eithan Osborne, dos tahitianos Eliot Napias e Manarii Varuamana ou dos australianos Kyuss King, Quinn Bruce e Kai Warner.
     
    A maior surpresa do dia deu-se com a eliminação, na terceira e quarta fases, de todos os elementos da categoria sub-18 masculina da equipa norte-americana, campeã mundial em título. Portugal também perdeu o seu único surfista sub-18 masculino ainda em prova, o micaelense Jácome Correia, bem como três dos quatro representantes na categoria sub-16 masculina.
     
    Eliminados na terceira fase ficaram então Gonçalo Magalhães, João Vidal e Joaquim Chaves, que ontem tinha feito uma excelente prestação no último heat do dia. Mais uma vez, todos perderam por pouco, cabendo novamente a Guilherme Ribeiro a defesa da “honra da casa”. O jovem surfista de 14 anos, da Costa de Caparica, voltou a mostrar muita determinação e espírito combativo, avançando para o round 4 da prova.
     
    Guilherme é agora o único surfista português masculino em prova neste Vissla ISA World Junior Championship 2016, a quem se junta Mafalda Lopes, Inês Bispo e Mariana Garcia, no feminino. Amanhã a competição retomará o seu curso, novamente pelas 8h da manhã, com a reentrada das meninas na água, após dois dias de descanso. Também amanhã realizar-se-ão as meias-finais da Aloha Cup, uma espécie de estafeta de surf entre algumas das equipas aqui presentes. Esta é sempre uma prova bastante animada, onde o espírito de equipa é elevado ao seu extremo.
     
    Na tabela geral, para já, as contas fazem-se às equipas que menos atletas perderam até agora. Assim, a seleção australiana, que ainda só perdeu um surfista, lidera neste momento a classificação, com a francesa na segunda posição, a havaiana na terceira, a japonesa na quarta, a norte-americana na quinta e a brasileira na sexta. Portugal é 14º classificado neste momento, ainda com hipóteses de melhorar.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Mundial Junior ISA
  • Açores
  • Fotografia
    ISA | Evans
  • Fonte
    Comunicado de Imprensa
pub
similar News
similar
maio 24
Sunny Garcia está a dar sinais de recuperação
maio 23
Praia dos Coxos com uso limitado na época balnear
maio 23
Incêndio destrói bar na praia de Santo Amaro de Oeiras
maio 23
2ª edição da Regata de Portugal no Terminal de Cruzeiros de Lisboa
maio 23
Portugueses em destaque no arranque do EuroSurf Adaptive 2019
maio 23
Afinal, o verão poderá não ter temperaturas anormais
maio 23
Sexta-feira é dia de greve pelo clima!