Homepage

  • Ambientalistas alegam incumprimentos na barragem do Tua
    23 setembro 2016
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    LUSA
  • Fonte
    LUSA
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Os ambientalistas acusam a Comissão e Acompanhamento de “ser conivente com incumprimentos vários por parte da EDP”.
  • A Comissão de Acompanhamento da barragem do Tua já não conta com a presença dos grupos ambientalistas GEOTA - Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente – e Plataforma Salvar o Tua, uma vez que estes alegam incumprimentos das medidas de compensação e contrapartidas.

    Previsão de ondas para este fim de semana

    Foi na quinta-feira que as associações ambientalistas representadas na Comissão de Acompanhamento Ambiental (CAA) da barragem do Tua decidiram suspender a sua participação neste órgão, não marcando já presença esta sexta-feira na 16.ª reunião da CAA.

    Os ambientalistas acusam a Comissão e Acompanhamento de “ser conivente com incumprimentos vários por parte da EDP”, a concessionária da barragem que se encontra em fase de conclusão no rio Tua, em Trás-os-Montes.

    Aquela comissão, onde estão representadas várias instituições, acompanha o cumprimento das medidas de compensação e minimização a executar pela EDP como contrapartidas para a construção da barragem de Foz Tua. “O enchimento da albufeira da barragem do Tua de forma ilegal foi a gota de água que fez transbordar o copo dos ambientalistas”, alegam.

    Em comunicado, dirigido à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, estrutura pública que preside à Comissão de Acompanhamento, justificam que “a Comissão e a sua coordenação não têm zelado pelo cumprimento da sua missão”.

    “O enchimento da albufeira antes de autorizado é o exemplo mais flagrante. Este acto, comprovadamente ilegal e não autorizado foi, surpreendentemente, apadrinhado pelas autoridades competentes, com destaque para a Agência Portuguesa do Ambiente”, apontam.

    No mesmo documento, as associações declaram que apenas voltarão à Comissão quando “a coordenação e as autoridades competentes obrigarem ao devido cumprimento das medidas de minimização e compensação”.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

     

Tags
  • Barragem do Tua
  • Fotografia
    LUSA
  • Fonte
    LUSA
pub
similar News
similar
fevereiro 19
Marta Paço convocada para o Mundial de Surf Adaptado
fevereiro 19
Júnior Martim Nunes passa temporada com Italo Ferreira (ENTREVISTA)
fevereiro 19
A subida do mar irá afetar 150 mil portugueses!
fevereiro 19
Vendedores de rua em Nairobi arriscam prisão por utilizarem sacos de plástico
fevereiro 19
Jovem é arrastado por onda e apanha grande susto na Praia do Norte
fevereiro 17
Alex Botelho já deixou os cuidados intensivos do Hospital de Leiria
fevereiro 19
Calor extremo cozeu e tirou a vida a meio milhão de mexilhões na Nova Zelândia