Homepage

  • Tatiana Weston-Webb estreia-se a vencer no US Open
    01 agosto 2016
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    WSL ! Jackson Van Kirk
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Prova californiana teve uma final 100 por cento havaiana. Triunfo de Tatiana Weston-Webb levou-a ao 4.º posto do ranking, agora liderado por Tyler Wright.
  • Huntington Beach, na Califórnia, foi palco da sexta etapa do Women’s World Tour e, tal como no ano passado, o US Open of Surfing, voltou a ser vencido por uma outsider. A havaiana Tatiana Weston-Webb foi assim a grande vencedora da etapa, depois de ter surpreendido todas as rivais no dia final do evento norte-americano.

    Com um mar complicado e ondas pequenas, cenário propício ao surgimento destas surpresas, a rookie do WWT de 2015 deu assim seguimento à tradição, uma vez que no ano passado a prova foi vencida pela francesa Johanne Defay, que havia sido a rookie de 2014. Tatiana Weston-Webb estreou-se assim a vencer em provas da elite mundial feminina.

    A caminhada para o triunfo de Weston-Webb começou da melhor forma no dia final, depois de a havaiana ter batido a então líder mundial Courtney Conlogue, num duelo muito intenso e com notas altas, decidido apenas por 23 centésimas. A derrota de Conlogue e o triunfo de Tyler Wright nesta mesma fase do evento ditavam assim mudanças na liderança do ranking do circuito, com a australiana a regressar ao posto de número 1 mundial.

    Mas o percurso de Tyler Wright acabaria por terminar logo de seguida, após ser batida pela havaiana Malia Manuel nas meias-finais. Manuel, que já havia derrotado Stephanie Gilmore nos quartos-de-final, garantia assim a sua primeira final do ano. No heat decisivo ia encontrar a compatriota Tatiana Weston-Webb, que nas meias-finais bateu a regressada Lakey Peterson – e que regresso!

    Na final acabou por haver algum equilíbrio, mas foi o arranque mais forte de Tatiana que lhe valeu a subida ao lugar mais alto do pódio. Um triunfo impressionante e merecido da jovem havaiana, que deu assim um salto de duas posições no ranking, estando agora no 4.º posto e também na luta pelo título mundial – está a 8.300 pontos da liderança.

    Vans US Open of Surfing Women’s Final Results:
    1 - Tatiana Weston-Webb (HAW) 14.26
    2 - Malia Manuel (HAW) 10.96

    Vans US Open of Surfing Women’s Semifinal Results:
    SF 1: Tatiana Weston- Webb (HAW) 14.26 def. Lakey Peterson (USA) 10.96
    SF 2: Malia Manuel (HAW) 13.33 def. Tyler Wright (AUS) 10.83

    Vans US Open of Surfing Women’s Quarterfinal Results:
    Heat 1: Lakey Peterson (USA) 12.50 def. Sage Erickson (USA) 11.17
    Heat 2: Tatiana Weston-Webb (HAW) 15.23 def. Courtney Conlogue (USA) 15.00
    Heat 3: Tyler Wright (AUS) 14.10 def. Keely Andrew (AUS) 11.17
    Heat 4: Malia Manuel (HAW) 10.50 def. Stephanie Gilmore (AUS) 9.74

    2016 Samsung Galaxy WSL Top 5 (after Vans US Open of Surfing):
    1. Tyler Wright (AUS) 43,450 points
    2. Courtney Conlogue (USA) 42,900 points
    3. Carissa Moore (HAW) 37,300 points
    4. Tatiana Weston-Webb (HAW) 35,150 points
    5. Sally Fitzgibbons (AUS) 31,450 points

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Tatiana Weston-Webb
  • Malia Manuel
  • Tyler Wright
  • WWT
  • US Open of Surfing
  • Huntington Beach
  • Courtney Conlogue
  • Fotografia
    WSL ! Jackson Van Kirk
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
agosto 04
Grécia a escaldar: Temperatura na Acrópole atingiu os 55ºC
agosto 04
Baía do Funchal vai receber o Madeira Island SUP Challenge em setembro
agosto 04
Autoridade Marítima Nacional e DGS lançam campanha para um verão em segurança
agosto 04
Fernando Aguerre: 'Penso que o COI ficou satisfeito com a estreia olímpica do surf'
agosto 04
Vasco Ribeiro e Kika Veselko fizeram história na Allianz Triple Crown
agosto 04
Japonesas levam ouro e prata, Sky Brown fica com o bronze
agosto 04
MEO e Vissla vão dar nome à etapa portuguesa das Challenger Series