Homepage

  • Tatiana Weston-Webb estreia-se a vencer no US Open
    01 agosto 2016
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    WSL ! Jackson Van Kirk
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Prova californiana teve uma final 100 por cento havaiana. Triunfo de Tatiana Weston-Webb levou-a ao 4.º posto do ranking, agora liderado por Tyler Wright.
  • Huntington Beach, na Califórnia, foi palco da sexta etapa do Women’s World Tour e, tal como no ano passado, o US Open of Surfing, voltou a ser vencido por uma outsider. A havaiana Tatiana Weston-Webb foi assim a grande vencedora da etapa, depois de ter surpreendido todas as rivais no dia final do evento norte-americano.

    Com um mar complicado e ondas pequenas, cenário propício ao surgimento destas surpresas, a rookie do WWT de 2015 deu assim seguimento à tradição, uma vez que no ano passado a prova foi vencida pela francesa Johanne Defay, que havia sido a rookie de 2014. Tatiana Weston-Webb estreou-se assim a vencer em provas da elite mundial feminina.

    A caminhada para o triunfo de Weston-Webb começou da melhor forma no dia final, depois de a havaiana ter batido a então líder mundial Courtney Conlogue, num duelo muito intenso e com notas altas, decidido apenas por 23 centésimas. A derrota de Conlogue e o triunfo de Tyler Wright nesta mesma fase do evento ditavam assim mudanças na liderança do ranking do circuito, com a australiana a regressar ao posto de número 1 mundial.

    Mas o percurso de Tyler Wright acabaria por terminar logo de seguida, após ser batida pela havaiana Malia Manuel nas meias-finais. Manuel, que já havia derrotado Stephanie Gilmore nos quartos-de-final, garantia assim a sua primeira final do ano. No heat decisivo ia encontrar a compatriota Tatiana Weston-Webb, que nas meias-finais bateu a regressada Lakey Peterson – e que regresso!

    Na final acabou por haver algum equilíbrio, mas foi o arranque mais forte de Tatiana que lhe valeu a subida ao lugar mais alto do pódio. Um triunfo impressionante e merecido da jovem havaiana, que deu assim um salto de duas posições no ranking, estando agora no 4.º posto e também na luta pelo título mundial – está a 8.300 pontos da liderança.

    Vans US Open of Surfing Women’s Final Results:
    1 - Tatiana Weston-Webb (HAW) 14.26
    2 - Malia Manuel (HAW) 10.96

    Vans US Open of Surfing Women’s Semifinal Results:
    SF 1: Tatiana Weston- Webb (HAW) 14.26 def. Lakey Peterson (USA) 10.96
    SF 2: Malia Manuel (HAW) 13.33 def. Tyler Wright (AUS) 10.83

    Vans US Open of Surfing Women’s Quarterfinal Results:
    Heat 1: Lakey Peterson (USA) 12.50 def. Sage Erickson (USA) 11.17
    Heat 2: Tatiana Weston-Webb (HAW) 15.23 def. Courtney Conlogue (USA) 15.00
    Heat 3: Tyler Wright (AUS) 14.10 def. Keely Andrew (AUS) 11.17
    Heat 4: Malia Manuel (HAW) 10.50 def. Stephanie Gilmore (AUS) 9.74

    2016 Samsung Galaxy WSL Top 5 (after Vans US Open of Surfing):
    1. Tyler Wright (AUS) 43,450 points
    2. Courtney Conlogue (USA) 42,900 points
    3. Carissa Moore (HAW) 37,300 points
    4. Tatiana Weston-Webb (HAW) 35,150 points
    5. Sally Fitzgibbons (AUS) 31,450 points

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Tatiana Weston-Webb
  • Malia Manuel
  • Tyler Wright
  • WWT
  • US Open of Surfing
  • Huntington Beach
  • Courtney Conlogue
  • Fotografia
    WSL ! Jackson Van Kirk
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 26
Avistadas caravelas-portuguesas nas praias de Sines e Odemira
janeiro 26
Se Tóquio não puder, Florida quer organizar os Jogos Olímpicos em 2021
janeiro 26
Depressão Justine vai trazer ondas até 9 metros aos Açores
janeiro 26
Câmara de Cascais sublinha que 'não é possível' praticar surf nas praias
janeiro 25
Fechadas as praias de S. Pedro de Moel
dezembro 30
Ano de 2021 vai começar ainda mais frio
janeiro 25
Estrada na Nova Zelândia encerrada temporariamente para proteger leões-marinhos