Homepage

  • Slater regressa às vitórias 32 meses depois
    24 agosto 2016
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Kelly Slater bateu John John Florence na final do Billabong Pro Tahiti, após um dia final recheado de grandes momentos e pontuações altíssimas.
  • Foi um dia perfeito para Kelly Slater. O rei voltou a sentar-se no trono. Algo que já não fazia há 32 meses no World Tour. Aos 44 anos, KS deu uma verdadeira lição de como entubar de backside e limpou tudo: fez heat perfeitos, somou três notas 10, conquistou o prémio Andy Irons e, por fim, conquistou o Billabong Pro Tahiti.

    O melhor surfista de todos os tempos voltou a sê-lo numa das principais arenas do surf mundial. Há sétima etapa do ano, o World Tour viu finalmente ação ao melhor nível. O dia final em Teahupoo teve de tudo mas, sobretudo, performances incríveis e scores altíssimos. E ninguém conseguiu ir mais longe que Slater.

    O 11 vezes campeão mundial começou o dia a eliminar Keanu Asing na 5.ª ronda, somando 20 pontos. Foi a terceira vez que fez um heat perfeito na carreira. Mas Kelly ainda tinha mais um 10 guardado para os quartos-de-final frente ao perigosíssimo wildcard Bruno Santos – o terceiro do dia e o quarto em todo o evento. Com 19,27 pontos, o norte-americano acabou com o sonho do “giant killer” brasileiro.

    Seguiu-se uma meia-final muito disputada com Ace Buchan, onde Kelly Slater garantiu o triunfo com 18,40 pontos. A final estava alcançada e era agora tempo de tentar quebrar o jejum de vitórias no Tour. Assim como enfrentar um “rematch” daquele que é considerado o melhor heat de sempre, depois de há dois anos ter empatado com John John neste mesmo evento.

    Florence havia tido um caminho bem mais complicado até à final. Na 5.ª ronda teve de se esforçar para bater o experiente Joel Parkinson. Nos quartos-de-final começou por controlar um heat dificílimo frente a Julian Wilson. Mas o australiano virou a disputa com uma onda de 10 pontos. Valeu ao havaiano uma onda no último minuto para inverter novamente o resultado.

    Nas meias-finais outro heat muito aguardado. John John tinha pela frente Gabriel Medina. O futuro do surf mundial dentro de água para uma disputa titânica, onde estava também em jogo a liderança do ranking, que virtualmente era do havaiano. Foi um heat surreal, que John John Florence acabou por vencer, pese embora o 10 de Medina e as queixas do lado brasileiro em relação aos juízes.

    Depois de alcançada a liderança era a vez de enfrentar o rei. Mas como o estatuto ainda é um posto a ordem hierárquica manteve-se e Slater fez questão de mostrar a John John que ele ainda é “só” o príncipe. O norte-americano começou a todo o gás e foi aumentando o ritmo ao longo do final. Somou várias notas na casa dos 9 pontos e terminou com 19,67 pontos, deixando o adversário em combinação. Pontuações à parte, KS deixou-nos ainda boquiabertos com um drop verdadeiramente alienígena já na parte final do heat…

    “Ter o John John na final foi um sonho para mim”, começou por dizer Slater. “Não é segredo que estou a chegar ao final da minha carreira e o futuro está entregue a surfistas como ele e o Medina. Eles são uns monstros. Por isso, quero ver quantos mais heats vou conseguir fazer contra eles até estar acabado. Este foi um dia muito especial para mim”, frisou.

    Kelly Slater voltou assim a provar que em condições perfeitas – embora longe do tamanho de outros anos – é quase imbatível. Em Teahupoo alcançou a 55.ª vitória da carreira em etapas do Tour e matou finalmente o borrego. Aos 44 anos, e 32 meses depois do último triunfo no Tour – este ano havia vencido o QS3000 em Pipeline -, o rei está bem vivo!

    BILLABONG PRO TAHITI FINAL RESULTS:
    1: Kelly Slater (USA) 19.67
    2: John John Florence (HAW) 15.23

    BILLABONG PRO TAHITI SEMIFINAL RESULTS:
    SF 1: Kelly Slater (USA) 18.40 def. Adrian Buchan (AUS) 16.10
    SF 2: John John Florence (HAW) 19.66 def. Gabriel Medina (BRA) 19.23

    BILLABONG PRO TAHITI QUARTERFINAL RESULTS:
    QF 1: Adrian Buchan (AUS) 18.16 def. Kolohe Andino (USA) 16.00
    QF 2: Kelly Slater (USA) 19.27 def. Bruno Santos (BRA) 17.43
    QF 3: Gabriel Medina (BRA) 17.90 def. Josh Kerr (AUS) 13.40
    QF 4: John John Florence (HAW) 17.34 def. Julian Wilson (AUS) 16.60

    BILLABONG PRO TAHITI ROUND 5 MATCH-UPS:
    Heat 1: Adrian Buchan (AUS) 16.77 def. Jordy Smith (ZAF) 12.60
    Heat 2: Kelly Slater (USA) 20.00 def. Keanu Asing (HAW) 14.70
    Heat 3: Gabriel Medina (BRA) 15.43 def. Jadson Andre (BRA) 14.33
    Heat 4: John John Florence (HAW) 18.30 def. Joel Parkinson (AUS) 15.90
     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • World Tour
  • Kelly Slater
  • John John Florece
  • Teahupoo
  • Billabong Pro Tahiti
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
janeiro 22
Tempestade Glória provoca ondulação inédita no Mediterrâneo
janeiro 22
Procuram-se voluntários para a reflorestação do Pinhal de Leiria
janeiro 22
Nuno 'Stru' Figueiredo ao ataque em Supertubos (Vídeo)
janeiro 22
Inscrições abertas para o fecho do Circuito de Bodyboard do Ericeira Surf Clube
janeiro 22
Costa Este americana vai receber nova piscina de ondas
janeiro 22
Kikas recebe homenagem na Gala do Desporto de Cascais
janeiro 21
Potente gás com efeito de estufa está a aumentar na atmosfera