Homepage

  • Portugal repete medalha de prata no Mundial ISA
    15 agosto 2016
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A equipa das quinas acabou por perder a possibilidade de uma histórica medalha de ouro para o Peru.
  • Portugal alcançou este domingo o vice-título mundial por seleções no Mundial ISA, numa prova que decorreu em praia Jacó, na Costa Rica. A Seleção Nacional repete assim a medalha de prática coletiva alcançada no ano passado na Nicarágua, mas, desta vez, sem conseguir medalhas individuais.

    Previsão de surf para esta semana

    A equipa das quinas acabou por perder uma histórica medalha de ouro após um dia final em que a competição não correu de forma tão positiva como havia corrido até aqui. Pedro Henrique e Teresa Bonvalot terminaram a sua prestação no 5.º posto e Guilherme Fonseca no 6.º, o que permitiu que o Peru voltasse a ultrapassar Portugal na classificação.

    Ainda assim, foi mais uma prestação digna de orgulho por parte de uma equipa que não levou até à Costa Rica alguns dos principais surfistas nacionais, fazendo da união e do espírito de entreajuda a sua grande força. Foi mesmo por muito pouco que Portugal não subiu ao lugar mais alto do pódio naqueles que foram os primeiros campeonatos depois do anúncio do surf como modalidade olímpica para 2020.

    Títulos repetidos

    O dia final do Mundial ISA acabou por ser uma espécie de repetição de anos anterior. Se Portugal repetiu a medalha de prata coletiva, na prova feminina a norte-americana Tia Blanco revalidou o título mundial conquistado no ano passado. Já na prova masculina o campeão foi o argentino Leandro Usuna, campeão mundial em 2014. A nível coletivo o Peru repetiu o título conquistado também em 2014.

    Os peruanos terminaram a prova com 3188 pontos, graças ao 2.º posto alcançado por Lucca Messinas na prova masculina e pelo 6.º posto de Melanie Giunta na prova feminina. Portugal ficou ainda a 264 pontos da liderança, com os Estados Unidos a surgirem logo atrás a fechar o top 3. A França ficou no 4.º posto e a anfitriã Costa Rica, que conquistou o título no ano passado, foi apenas 5.ª classificada.

    Portugal acabou assim por falhar o assalto ao ouro, depois de um dia em que os três representantes ainda em prova falharam o acesso à final das medalhas em duas ocasiões. Na final do quadro principal foram todos derrotas, sendo que tiveram nova oportunidade na final das repescagens. Mas a sorte voltou a não estar do lado português. No entanto, a Seleção Nacional pode deixa a Costa Rica bem orgulhosa da sua prestação.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Mundial ISA
  • Portugal
  • Costa Rica
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
maio 26
Marta Paço e Nuno Vitorino Campeões Europeus
maio 24
Rip Curl Fantasy Surfer - Marcos Charana é o vencedor do Porto Pro
maio 24
Concurso fotográfico Olhos sobre o Mar 2019
maio 24
Espetáculo de surf ao mais alto nível no EuroSurf Adaptive 2019
maio 24
Sunny Garcia está a dar sinais de recuperação
maio 23
Praia dos Coxos com uso limitado na época balnear