Homepage

  • Portugal com entrada forte no Mundial ISA
    08 agosto 2016
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Dia inaugural ficou marcado por três triunfos convincentes, embora a equipa das quinas já tenha visto um surfista cair para as repescagens.
  • Arrancou este domingo o Mundial ISA, que se disputa até ao próximo fim-de-semana na praia de Jacó, na Costa Rica. Num dia em que se disputou apenas a ronda inaugural da prova masculina, a equipa portuguesa, que defende o vice-título mundial conquistado no ano passado, esteve em plano de evidência.

    Eduardo Fernandes, Guilherme Fonseca e Pedro Henrique conquistaram todos os o triunfo nos respetivos heats e com performances convincentes, pontuadas acima dos 13 pontos. No entanto, a equipa portuguesa viu cair o primeiro surfista para as repescagens, uma vez que jovem açoriano Jácome Correia, que substituiu Filipe Jervis à última hora, ficou um último no seu heat.

    Edu esteve em ação logo no primeiro heat do campeonato e, com 13,27 pontos, bateu o nicaraguense Joel Chavez (12,17), o porto-riquenho Ramón Torres (7,63) e o colombiano Neo Gallego (4,70). Na 2.ª ronda o surfista luso-brasileiro vai estar novamente no heat inaugural, enfrentando o canadiano Danny Bishko, o sul-africano Shane Sykes e o porto-riquenho Juan Carlos Gerena.

    No heat 4 foi a vez de Guilherme Fonseca manter o saldo positivo para as cores nacionais, vencendo a disputa com 13,04 pontos e deixando o porto-riquenho Juan Carlos Gerena (10,63) na 2.ª posição. Pelo caminho ficou o colombiano Anderson Tascón 10,03 e ainda o guatemalteco Mario Veja (7,43). Na fase seguinte, o jovem surfista de Peniche mede forças com o australiano Dave Lovelock, com o nicaraguense Joel Chavez e com o venezuelano Francisco Bellorin no heat 2.

    Quem também entrou da melhor forma foi Pedro Henrique. Com 13,60 pontos, aquele que parece ser a maior esperança nacional em termos de competição individual, venceu o heat 21, deixando o nicaraguense Kevin Cortez (11,73) atrás de si, ajudando ainda a eliminar o porto-riquenho Mario Escudero (6,43) e o colombiano Daniel Olmos (6,40). Na próxima ronda, Pedrinho vai estar no heat 35, juntamente com o canadiano Sean Foerster, o venezuelano Rafael Pereira e o colombiano Jefferson Tascón.

    Por fim, surgiu a inesperada derrota de Jácome Correia no último heat do dia. O surfista açoriano apenas conseguiu somar 6,74 pontos, num heat vencido pelo porto-riquenho Gabriel Escudero (10,70) e onde o colombiano Jefferson Tascón (9,60) também seguiu em frente. Jácome vai agora para a repescagem, onde defronta o porto-riquenho Mario Escudero, o suíço Philip Mappes e o australiano Harrisson Martin.

    Este acaba por ser um percalço minimizado pelo facto de muitas das seleções candidatas ao título também terem visto cair surfistas para a repescagem, sendo que a Austrália e África do Sul já têm mesmo dois surfistas nesta fase. A exceção é a seleção francesa e a costa-riquenha, que defende em casa o título mundial conquistado no ano passado. Duas seleções que se afirmam como principais candidatos ao triunfo.

    Quem ainda não entrou em ação foram as raparigas, mas tanto Teresa Bonvalot como Carol Henrique já conhecem as adversárias que terão pela frente na ronda inaugural. A bicampeã nacional em título mede forças com a porto-riquenha Jezmine Ruiz, com a guatemalteca Tiziana Prema e com a russa Maddy Maliza no heat 11. Já Carol enfrenta no heat 9 a concorrência da porto-riquenha Idalis Alvarado, a guatemalteca Cindy Lone e a russa Anna Chudnenko.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Mundial ISA
  • Portugal
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
maio 23
Afinal, o verão poderá não ter temperaturas anormais
maio 23
Sexta-feira é dia de greve pelo clima!
maio 22
LUTA PELO SEGUNDO LUGAR DECIDE-SE EM CARCAVELOS
maio 22
O espanhol Marcos Tapia vence o International Adaptive Surf Open
maio 22
Mais de 10 toneladas de lixo todos os anos na costa açoriana
maio 22
Baleias são esperança na luta contra o cancro
maio 22
Melhor praia fluvial da Europa fica no Alentejo