Homepage

  • Nativos presos em protestos contra oleoduto
    19 agosto 2016
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • O oleoduto terá um comprimento de 1886 quilómetros e, para além de ligar o North Dakota a Illinois, atravessa ainda os estados de South Dakota e Iowa.
  • O North Dakota viveu uma semana muito tensa e marcada pelos fortes protestos dos nativos americanos contra a construção de um enorme oleoduto de petróleo que irá ligar aquele estado ao de Illinois. Alguns dos protestantes foram mesmo presos.

    Previsão de surf para este fim de semana!

    Foram cerca de 400 pessoas que se reuniram para protestar contra esta mega construção, que poderá colocar em causa o ambiente local, sobretudo a qualidade da água dos rios. Alguns surgiram mesmo a cavalo, outros com tambores. O impacto foi tal, que os trabalhos chegaram mesmo a ser suspensos.

    Dos protestos resultou a prisão de 16 membros da tribo local Standing Rock Sioux, incluindo o seu líder, David Archambault II. Isto porque a empresa responsável pela obra interpôs uma ação em tribunal, argumentando danos monetários e restrição na construção da obra.

    A construção deste oleoduto para transporte de petróleo foi aprovada em julho pela US Army Corps of Engineers e estava previsto começar este mês, mas a população local tem-se insurgido contra tal decisão.

    O oleoduto terá um comprimento de 1886 quilómetros e, para além de ligar o North Dakota a Illinois, atravessa ainda os estados de South Dakota e Iowa. Estima-se que esta construção, que está a cargo da Energy Transfer Partners, a maior transportadora de petróleo nos Estados Unidos, sirva para transportar 570 mil barris de petróleo por dia.

    Numa altura em que existem inúmeras alternativas sustentáveis, há quem ainda não tenha percebido os problemas que o planeta poderá enfrentar com esta utilização massiva de petróleo. Enquanto isso, outros são presos por defenderem as suas terras da ameaça alheia…

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Petróleo
  • Estados Unidos América
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
outubro 22
Surfista preso em zona de falésia é resgatado em Aljezur
outubro 22
Bernardo Jerónimo avança mais uma ronda no Frontón King 2020
outubro 22
Bom Petisco Cascais Pro alimentado a 60% com energia solar
outubro 21
Costa da Morte, na Galiza, quer ser Reserva Mundial de Surf
outubro 21
Salvamentos aumentaram nas praias portuguesas na época balnear de 2020
outubro 21
Primeira ondulação grande da temporada deverá entrar na Nazaré a partir de domingo
outubro 21
Circuito Regional da Madeira SUP Race arrancou em grande estilo
pub