Homepage

  • Julho mês mais quente em 136 anos
    17 agosto 2016
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    NASA
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Segundo o estudo, os últimos dez meses registaram um aumento de temperatura em relação aos mesmos meses do ano anterior.
  • Portugal viveu um mês de julho intenso, sobretudo no que diz respeito ao calor. Durante vários dias do mês, algumas regiões viram os termómetros ultrapassar os 40 graus. Mas o calor também se estendeu ao redor do Mundo, tornando julho de 2016 o mês mais quente dos últimos 136 anos.

    A análise foi feita pela NASA e divulgada na terça-feira. Segundo o estudo, os últimos dez meses registaram um aumento de temperatura em relação aos mesmos meses do ano anterior. Mas o mês de julho acabou por quebrar todos os recordes desde que que os registos começaram a ser feitos, o que aconteceu em 1880.

    Os resultados foram conseguidos a partir da análise dos valores da temperatura do ar em terra e à superfície do mar. Sob este prisma, julho registou mais 0,84 graus Celsius do que a média registada entre 1950 e 1980. Desta forma, o mês de julho foi, em média, 0,11ºC mais quente do que o recorde anterior, e tudo aponta que se mantenha este registo durante algum tempo.

    O mês passado foi o mais quente da História, superando a marca alcançada em julho do ano passado, segundo dados divulgados pela Nasa. Os cientistas atribuem a alta das temperaturas principalmente às mudanças climáticas provocadas pela queima de combustíveis fósseis, além de uma intensificação do El Niño.

    Desta forma, é bem possível que o aumento da temperatura não fique por aqui. O ano de 2016 perfila-se assim como candidato ao mais quente da história – desde que há registos -, sendo que a tendência é para que o calor seja cada vez mais de ano para ano.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • calor
  • NASA
  • julho
  • Fotografia
    NASA
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
outubro 18
Fim de semana chega com sábado muito chuvoso
outubro 18
Tráfego marítimo contribui para 20% da poluição costeira em Portugal
outubro 18
Seca e má gestão deixam o Tejo em mínimos históricos
outubro 18
Glaciares suíços sofrem maior redução em 100 anos
outubro 18
Previsão de mau tempo cancela sessão de autógrafos na 58 Surf
outubro 17
Inscrições abertas para a 2ª etapa do Circuito de Bodyboard do Ericeira Surf Clube
outubro 17
No Corvo haverá um apagão para salvar as aves marinhas