Homepage

  • Joana Schenker vitoriosa em Ílhavo
    19 agosto 2016
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Divulgação | Miss Sumol Cup
  • Fonte
    Comunicado de Imprensa
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A luso-germânica, que somou 12.50 pontos, repete assim o triunfo de 2015, relegando novamente para o segundo lugar a vencedora de 2014, Teresa Almeida (11.70 pontos).
  • Numa final muito disputada e realizada a dois tempos, Joana Schenker venceu a prova do Campeonato Nacional de Bodyboard, que hoje preencheu o dia de competição da XII MISS SUMOL CUP, na praia da Costa Nova, em Ílhavo.

    A luso-germânica, que somou 12.50 pontos, repete assim o triunfo de 2015, relegando novamente para o segundo lugar a vencedora de 2014, Teresa Almeida (11.70 pontos), mas não sem uma disputa muito aguerrida como as pontuações o comprovam.

    Em terceiro lugar ficou Marta Leitão (10.70 pontos), ocupando o último lugar do pódio ilhavense Rita Pires (8.75 pontos), num regresso à competição muito saudado por todos.

    Com, praticamente, dois terços da final realizada, o nevoeiro obrigou à suspensão da mesma, tendo sido acordado realizar o que faltava ao final da tarde, quando as condições da maré se afigurassem melhores. Joana Schenker soube segurar a liderança, que ocupava quando a prova foi interrompida, resistindo ao ataque de Teresa Almeida, que logrou subir ao segundo lugar.

    Muita competição e bom surf e a presença em massa de atletas juniores, que deram outro colorido à prova.

    A bodyboarder do Algarve fez a melhor onda do dia, conseguindo um 7.50 pontos, que muito contribuiu para a sua vitória na final. Schenker fez ainda os dois melhores resultados das baterias realizadas (12.50 e 12.00 pontos).

    A prova do Nacional de Bodyboard rendeu mais 195 surfadas, ou seja, mais 195 euros para doar a uma IPSS de Ílhavo. Quando faltam dois dias, a Miss Sumol Cup 2016, juntamente com o ActivoBank, já angariou 339 euros.

    Por outro lado, hoje foi atribuído o primeiro troféu da TIARA BODYBOARD JÚNIOR, que pretende distinguir a melhor atleta júnior. Mariana Rosa foi a grande vencedora, fruto do seu terceiro lugar nas meias-finais.

    Recorde-se que a Tiara Bodyboard Júnior é um circuito de três provas, sendo que a Miss Sumol Cup foi a primeira, seguindo-se a Madeira Bodyboard Girls Experience e o evento da Boogie Chicks, em Carcavelos.

    SELECIONADOR NACIONAL AGRADADO

    No areal, acompanhado por um grupo de jovens bodyboarders da Figueira da Foz, esteve Nuno Trovão, seleccionador nacional de bodyboard feminino, sempre bastante atento ao que se passava na água e agradado com o que via.

    “A Miss Sumol Cup tem uma importância gigante para o bodyboard feminino”, começou por dizer o técnico nacional, justificando: “É uma prova que existe há 12 anos, de forma consecutiva, o que tem promovido o bodyboard feminino e tem criado grandes gerações de atletas. Campeãs europeias e mundiais nasceram aqui”.

    Para Nuno Trovão, a Miss Sumol Cup tem uma vantagem adicional: “É um sítio com boas ondas”!

    Deixando um elogio rasgado ao bodyboard feminino português, pois “temos das melhores atletas do Mundo”, Nuno Trovão lembra que “ainda falta mais experiência internacional para termos mais meninas a disputar títulos europeus e mundiais” e que “há duas atletas portuguesas no top 10 mundial”.

    Quando assumiu as funções de seleccionador nacional em Março passado, o treinador figueirense “tinha receio com a renovação”, mas o cenário afigura-se-lhe, agora, bem positivo.

    “As provas de Esperanças [dos 10 aos 18 anos] com oitavos-de-final que representa 20 meninas. Na idade dos 14 a 16 anos temos uma geração muito rica em talento e treinadores mais conhecedores e com mais experiência internacional”, afirma Nuno Trovão, sublinhando a importância do novo troféu Tiara Bodyboard Júnior: “É uma iniciativa de louvar e um grande incentivo para as mais novas e assim temos uma boa renovação de gerações. Acima de tudo é de louvar a parceria das três organizações no sentido de incentivar as atletas mais novas com um prémio obtido em provas internacionais”.

    S. Pedro não foi cooperante e não satisfeito com a chuva ainda encomendou algum nevoeiro… Mesmo assim, foi grande a adesão às aulas de surf, ministradas pelos monitores da Associação de Surf de Aveiro (ASA). De facto, apesar da falta de condições para veranear, foram muitos os aspirantes a surfar ondas que marcaram presença no areal da Costa Nova, em frente ao Contiqui Bar.

    Já as demonstrações e experimentações de slackline arrancaram em força, com alguns executantes a proporcionarem um espectáculo muito agradável de ver. E… não custa nada, basta participar!

    A estreia das aulas de ioga, pela campeã europeia de bodyboard Rita Pires foi um enorme êxito. Hoje não houve, devido às condições atmosféricas, mas amanhã voltam em força e com hora marcada: 17h00.

    Amanhã vai para a água a prova do ETB, ou seja, o Circuito Europeu, da European Surfing Federation. Espera-se novamente grande nível de surf.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • miss sumol cup
  • Joana Schenker
  • Ílhavo
  • Fotografia
    Divulgação | Miss Sumol Cup
  • Fonte
    Comunicado de Imprensa
pub
similar News
similar
outubro 17
No Corvo haverá um apagão para salvar as aves marinhas
outubro 18
Fim de semana chega com sábado muito chuvoso
outubro 18
Glaciares suíços sofrem maior redução em 100 anos
outubro 18
Tráfego marítimo contribui para 20% da poluição costeira em Portugal
outubro 18
Seca e má gestão deixam o Tejo em mínimos históricos
outubro 18
Previsão de mau tempo cancela sessão de autógrafos na 58 Surf
outubro 17
Inscrições abertas para a 2ª etapa do Circuito de Bodyboard do Ericeira Surf Clube