Homepage

  • Filme “Águas perigosas” leva tubarões ao cinema
    26 agosto 2016
    arrow
    arrow
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A bela Blake Lively é a atriz principal de um filme que promete muito suspense e que nos leva a viver uma experiência pela qual poucos surfistas desejam passar: ser atacado por um tubarão.
  • Estreou no passado dia 11 de agosto em Portugal e mantém-se ainda em muitas das salas de norte ao sul do país. O filme “Águas perigosas” – The Shallows, na versão original – leva até à grande tela o animal mais temido do oceano: o tubarão.

    A bela Blake Lively é a atriz principal de um filme que promete muito suspense e que nos leva a viver uma experiência pela qual poucos surfistas desejam passar: ser atacado por um tubarão. O filme é realizado por Jaume Collet-Serra e tem 86 minutos de duração.

    “É um típico filme de ataque de tubarões. O espectador sabe que o tubarão vai atacar uma e outra vez. Como dizia o Hitchcock, o medo não se cristaliza no ataque. O que suscita medo é a antecipação do ataque. Foi divertido trabalhar esse aspeto”, afirmou Lively sobre o filme, no qual interpreta o papel de uma surfista.

    Com uma pontuação de 6,7 pontos no reputado site de cinema “IMDb”, esta é uma boa oportunidade de ir ao cinema, sendo que surf não vai faltar. Isso e o maior pesadelo dos surfistas… – à parte dos dias flat, logicamente.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Cinema
  • Tubarão
pub
similar News
similar
outubro 21
Costa da Morte, na Galiza, quer ser Reserva Mundial de Surf
outubro 21
Salvamentos aumentaram nas praias portuguesas na época balnear de 2020
outubro 21
Primeira ondulação grande da temporada deverá entrar na Nazaré a partir de domingo
outubro 21
Circuito Regional da Madeira SUP Race arrancou em grande estilo
outubro 21
Bodyboard: Título nacional feminino vai decidir-se na Póvoa de Varzim
outubro 19
Bernardo Jerónimo, o único português a competir no Frontón King, já está na 3ª ronda
outubro 20
Depressão Bárbara: Aviso vermelho alargado a mais 3 distritos do continente
pub