Homepage

  • Explosão em refinaria ameaça o Caribe
    26 agosto 2016
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • O derrame de petróleo causado pelas explosões e incêndio foi significativo e é provável que tenho afetado os rios locais, chegando mais tarde ao oceano.
  • Alguns países da América Central e Caribe estão a enfrentar a ameaça de um possível desastre ambiental. Tudo resultou de uma explosão numa refinaria de petróleo em Nicarágua. Agora, a consequência dessa explosão já estará a chegar às águas da Costa Rica e Honduras.

    As instalações da Puma Energy situam-se em Puerto Sandino, na costa do Pacífico. Um enorme depósito de combustível terá explodido, originando um enorme incêndio nas instalações, que demorou vários dias a ser controlado. Pelo meio, outro dos depósitos também explodiu.

    Cada um destes tanques equivalia a cerca de 144 mil barris de petróleo, o que dá para perceber a quantidade de estragos que este desastre pode causar ao ambiente. Durante vários dias o céu da região encheu-se de fumo negro, obviamente carregado de gases prejudiciais para a saúde das pessoas.

    O derrame de petróleo causado pelas explosões e incêndio foi significativo e é provável que tenho afetado os rios locais, chegando mais tarde ao oceano. Nesta zona situam-se algumas das melhores ondas do país. A realidade, é que poderá levar anos até o ecossistema local recuperar desta tragédia.

    Mas nem só a Nicarágua está em perigo, pois já estamos a falar de uma catástrofe internacional.  Omar Lizano, oceanógrafo da Universidade da Costa Rica, assegura que o petróleo já chegou ao Golfo de Fonseca, atingido assim também as praias costa-riquenhas e das Honduras.

    As ondas, as praias e a biodiversidade marítimas dessas zonas estão obviamente em perigo. Prevê-se que um total de 166 espécies tenham sido diretamente afetadas com este derrame de petróleo, sendo que algumas delas estão mesmo em vias de extinção.

    Numa altura em que estes desastres são cada vez mais usuais, comprometendo em grande escala o nosso meio-ambiente, não se percebe a insistência neste tipo de indústria. Curiosamente, até a Costa Rica, que é um pioneiro no uso de energias renováveis, acaba por sair prejudicada deste desastre ambiental.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

     

Tags
  • Ambiente
  • Petróleo
  • Nicarágua
  • Honduras
  • Costa Rica
  • Caribe
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
maio 26
Marta Paço e Nuno Vitorino Campeões Europeus
maio 24
Rip Curl Fantasy Surfer - Marcos Charana é o vencedor do Porto Pro
maio 24
Concurso fotográfico Olhos sobre o Mar 2019
maio 24
Espetáculo de surf ao mais alto nível no EuroSurf Adaptive 2019
maio 24
Sunny Garcia está a dar sinais de recuperação
maio 23
Praia dos Coxos com uso limitado na época balnear