Homepage

  • Criado o movimento “Peniche Livre de Petróleo”
    02 agosto 2016
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    CM-Peniche
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Primeira reunião de trabalho, que visa o esclarecimento da população, acontece esta terça-feira, na Ilha do Baleal, pelas 19 horas. Movimento frisou que "recusa a exploração de petróleo em Peniche e no resto do país".
  • A exploração petrolífera que ameaça acontecer a qualquer momento ao largo da costa portuguesa é um dos assuntos do momento. No Algarve foi dado o alerta geral e é por lá que mais se tem lutado contra esta situação, que muitos classificam como prejudicial para o meio-ambiente e ecossistema local. Contudo, a ameaça de a exploração avançar paira sobre toda a costa portuguesa e, agora, é a vez de em Peniche também surgir um movimento a lutar contra a possível exploração petrolífera ao largo da península.

    O movimento “Peniche Livre de Petróleo” foi criado na passada quarta-feira, segundo foi comunicado à comunicação social, e tem para esta terça-feira, dia 2 de agosto, marcada a primeira reunião de trabalho em defesa do ecossistema local, perante a possibilidade de surgirem perfurações de exploração petrolífera ao longo da costa.

    O consórcio Repsol/Galp/Partex tem contratos assinados com o Estado desde 2007, pelo que a possibilidade de avançarem com a exploração petrolífera é bem real há já algum tempo. Contudo, o movimento “Peniche Livre de Petróleo”, garantiu, através de um manifesto, que "recusa a exploração de petróleo em Peniche e no resto do país", por "não aceitar hipotecar o futuro das próximas gerações a favor dos lucros imediatos de empresas milionárias”.

    O movimento argumenta que a bacia de Peniche e o arquipélago das Berlengas "são locais de preservação de biodiversidade e suporte a um conjunto de atividades socioeconómicas", dando os exemplos da indústria do surf, da pesca, das atividades de observação de aves e também dos passeis de barco. "Com as perspetivas de exploração de petróleo, todo este património está em risco", alertam os ativistas.

    O movimento enumera ainda alguns casos de falhas nos sistemas de segurança dos equipamentos de extração que causaram catástrofes ambientais, como uma explosão em 2010 no Golfe do México ou o rebentamento de um oleoduto em Michigan.

    Peniche é, atualmente, uma das zonas de surf mais importantes da costa portuguesa. Para além de receber desde 2009 a etapa portuguesa do World Tour da WSL, a Península possuiu ainda inúmeras ondas de qualidade, que proporcionam condições de surf ao longo de praticamente todo o ano. Prova disso são os inúmeros turistas que “invadem” a região nesta altura do ano.

    A 1.ª reunião de trabalho do movimento “Peniche Livre de Petróleo” acontece assim hoje, pelas 19 horas, no Clube Arre Burro, na ilha do Baleal. Esta será uma sessão pública e de esclarecimento, pelo que todos os interessados no assunto deverão marcar presença.

    Depois do Algarve, em Peniche já se deita assim mãos-à-obra de forma a tentar evitar que as explorações petrolíferas avancem mesmo. Esta é uma região que já tem histórico de sucesso nestas lutas a favor do ambiente, sendo o caso mais conhecido a marcha contra a central nuclear de Ferrel, que aconteceu precisamente há 40 anos. A população uniu-se e caminhou contra o projeto de instalação de uma central nuclear nesta povoação do concelho de Peniche e conseguiu mesmo com que a central nunca saísse do papel.

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Peniche
  • Petróleo
  • Exploração de Petróleo
  • Peniche Livre de Petróleo
  • Ambiente
  • Fotografia
    CM-Peniche
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
novembro 13
Rui Costa: “Em Portugal só existem três praias que podem acolher o Capítulo Perfeito”
outubro 21
MEO promove heat especial 'Beat the Plastic Waste' para derrotar o plástico
novembro 13
Miguel Braz, Carolina Ruivo e Simão Teixeira são campeões nacionais de skimboard
novembro 13
Martim Carrasco é o novo campeão nacional de Sub-18
novembro 12
Paris’2024: Taiti na “pole position” para receber prova de surf
novembro 12
Bodyboard, dropknee e bodysurf regressam à Caparica
novembro 12
Vírus do Atlântico propaga-se ao Pacífico e infecta focas e lontras