Homepage

  • João Moreira vence Etapa Koala e Circuito dos Lombos 2016
    19 maio 2016
    arrow
    arrow
  • João Moreira foi o grande vencedor do Circuito dos Lombos 2016 após vencer este fim de semana a Etapa Koala.
  • João Moreira foi o grande vencedor do Circuito dos Lombos 2016 após vencer este fim de semana a Etapa Koala. João Moreira afirmou assim o seu alto nível ao vencer sem grandes dificuldades as três etapas do Circuito dos Lombos. “Este circuito é muito importante para o inicio da carreira de muitos competidores”, afirma o atleta concluindo que “já vi muitos competidores deste circuito terem grandes conquistas no WQS e noutras provas, o que demonstra que que é bom para aprender”. Quanto aos objetivos de João Moreira para este ano são o Pro Júnior Europeu e outros campeonatos internacionais como o Rip Curl Grom Search, onde ainda recentemente conquistou um quarto lugar na final europeia em Cabo Verde.

    José Champalimaud foi outro dos grandes destaques neste circuito, vencendo as duas etapas em que participou o que o fez ser o justo vencedor do Circuito na categoria sub-16. No entanto surpreendeu ao entrar nesta etapa nos sub-18 e ao ficar em segundo lugar.

    Nos sub-14 João Garcia venceu as três etapas e consequentemente o Circuito dos Lombos. Rodrigo Lebre apesar de ter perdido na sua categoria (sub-12) conseguiu chegar ao segundo lugar da etapa na categoria acima. 

    A categoria sub-12 ficou marcada pela vitória de Santiago Graça. Com ele subiram ao pódio Martim Nunes em segundo lugar (vencedor do Circuito e da etapa Carcline) e em terceiro Lourenço Sousa (vencedor da etapa Bana)

    Os sub-18 feminino tiveram uma etapa renhida, saindo vencedora da etapa e do circuito por apenas 60 pontos Margarida Ribeiro. Camila Cardoso, conseguiu um terceiro lugar nesta etapa o que foi suficiente para  lhe valer o segundo lugar do Circuito.

    Como previsto, este fim de semana contou com bom tempo e boas ondas, sobretudo no sábado. No final da competição foram premiados os atletas vencedores da etapa, com prémios da marca alimentar Koala. Após esta etapa decorreu o final do Circuito onde foram definidos e premiados os atletas vencedores do ranking da pontuação obtida nas três etapas (etapa Bana, etapa Carcline, etapa Koala), com prémios dos patrocinadores do Circuito.

    Em anexo segue o ranking do Circuito dos Lombos 2016 com a pontuação das três etapas.

    Toda a informação relativa à etapa Koala será divulgada na nossa página de facebook: https://www.facebook.com/LombosPraia/

    O Circuito dos Lombos é homologado pela Federação Portuguesa de Surf e conta com o apoio das seguintes marcas e instituições: Bana, Carcline, Koala, Go Surfing, The Surf Project, Ding It, Fonte Viva, Simple Fruit, Grubby, Lacrau, DCode, ORG, Pizzaria Gordos, Câmara Municipal de Cascais, União de Freguesias de Carcavelos e Parede.

    Vencedores Etapa Koala

    Sub-12

    • Santiago Graça 
    • Martim Nunes
    • Lourenço Sousa
    • Sebastião Ennes

    Sub-14

    • João Garcia
    • Rodrigo Lebre
    • Martim Nunes
    • António Laureano 

    Sub-16

    • José Champalimaud 
    • Lourenço Nunes
    • Tomás Dias
    • Pedro Pinto

    Sub-18

    • João Moreira
    • José Champalimaud
    • Vasco Oliveira
    • Rodrigo Oliveira

    Sub-18 Feminino

    • Margarida Ribeiro 
    • Maria do Mar Schmidt
    • Camila Cardoso
    • Carolina Cordeiro
Tags
  • joao moreira
  • surf
  • CRCQL
  • Circuito lombos 2016
  • Centro Recreativo e Cultural da Quinta dos Lombos
  • José Champalimaud
  • Carcline
  • Santiago Graça
  • Margarida Ribeiro
  • koala
similar News
similar
julho 29
Liga MEO Surf: Tops dominam cada vez mais as Expression Sessions
julho 28
Seleção Nacional de Surf regressa a casa esta quinta-feira
julho 28
Em Tóquio'2020, regressou o bom e velho Owen Wright: 'Muitos pensavam que não ia chegar às medalhas'
julho 28
Amuro Tsuzuki, um nome destinado a fazer historia pelo Japão
julho 28
Japão foi o país mais medalhado na prova olímpica de surf
julho 27
Que orgulho Yolanda, Teresa e David!
julho 28
Sete pormenores do surf olímpico que não se veem nas provas normais