Homepage

  • Surfistas salvos após irem para o mar aproveitar ondas em revolta
    19 maio 2016
    arrow
    arrow
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Os dois amigos, de 38 e 40 anos, estavam em hipotermia e tinham algumas escoriações.
  • O alerta chegou à Polícia Marítima de Leixões pelas 12.30 horas: duas pessoas estavam no paredão da praia do Titã, em Matosinhos, em situação de perigo.

    A violência do mar e a chuva forte impediram o resgate com bote ou mota de água. Chamou-se a equipa do Sistema de Salvamento Balnear, serviço ligado à Proteção Civil, criado pela Câmara e coordenado pela Autoridade Marítima local para ocorrer a situações de emergência seja em que altura do ano for.

    Foram içados, através de manobras de rappel. Eram sufistas e calcularam mal as condições para a prática desportiva.

    O alerta laranja não desmotivou dois amigos, de 38 e 40 anos, a pegar nas pranchas e a ir para a praia tentar aproveitar as ondas em revolta. Correu mal. Conseguiram chegar ao paredão (ou molhe sul) e ali permanecer, com as ondas a passarem por cima, à espera de ajuda. E ela veio.

    Ver Matosinhos em direto

    O salvamento foi feito depois das equipas de socorro terem entrado no porto de Leixões e içá-los no cais. Diz quem viu que os homens estavam em hipotermia e com escoriações, que foram assistidos por uma equipa do INEM, recusando, porém, ir ao hospital. A Polícia Marítima identificou-os.

    Fonte e Fotografias: JN 

Tags
  • surf
  • Salvamento
  • matosinhos
  • policia maritima
  • surfistas
  • porto
  • mar
pub
similar News
similar
agosto 23
Buondi, uma marca com o ADN do surf
agosto 23
Fim de semana quente, mas com ligeira descida da temperatura
agosto 23
FPS lança maior campanha de ação ambiental já feita em Portugal
agosto 23
Maré de algas invade praias do Algarve
agosto 23
Wakeboard e Ski Náutico animam Montargil
agosto 23
Terra tremeu em Setúbal esta manhã
agosto 22
O microplástico já chegou ao Ártico