Homepage

  • Pedro Henrique campeão em Israel. Camilla Kemp fica em 2º
    19 maio 2016
    arrow
    arrow
  • O campeão europeu em título, Pedro Henrique, volta a vencer um evento da WSL
  • Hoje foi o último dia do período de espera do SEAT Pro Netanya, evento do circuito QS que se disputa em Israel, com uma cotação de 1500 pontos para os homens e 1000 para as mulheres.

    Vídeo do último dia de ação aqui

    Na disputa da prova final feminina, tínhamos a representar a bandeira portuguesa Camilla Kemp, que se debateu com a francesa Maud Le Car, acabando por perder com um total de 9,00 pontos contra 102,00 da francesa.

    Sorte diferente para o nosso Pedrinho, campeão profissional europeu em título, que começou por passar nas meias-finais masculinas, a conquistar a vaga na final ao basco Ethan Egikuren. Na outra meia-final Mihinama Braye (PYF) e Alonso Correa (PER) disputaram um duelo aceso, no qual o Taitiano saiu vitorioso.

    Chegando à final, o luso brasileiro naturalizado português dominou do princípio ao fim, perfazendo 11 ondas contra 7 de Braye, reflectindo-se também nos scores que iam saindo. No término da bateria, Pedrinho arrecadou um total de 16.83 pontos (8.00 + 8.83) contra 9.34 (5.17 + 4.17) do Polinésio tornando-se assim, vencedor do SEAT Pro Netanya.

    Com esta vitória, Pedro Henrique entra no ano de 2016 com o pé direito no que toca a somar pontos para a sua meta: chegar novamente ao circuito principal da WSL.  

    Para mais info sobre o evento clica aqui. Vídeo e mais detalhes brevemente.

Tags
  • Surf
  • Israel
  • Seat Pro Netanya presented by Billabong
  • Pedro Henrique
  • Camilla Kemp
  • Maud Le Car
  • QS1500
  • QS1000
  • Qualifying Series
  • World Surf League
similar News
similar
julho 23
Quatros surfistas foram porta-estandarte na Cerimónia de Abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio'2020
julho 26
Como podemos ver o dia das finais olímpicas do surf em Tóquio'2020?
julho 24
Seis seleções nacionais vão a jogo em Tóquio'2020 com o máximo de surfistas possíveis
julho 26
Já diplomada, Yolanda Hopkins quer mais de Tóquio'2020: 'Aqui não há limites, não é?'
julho 26
Arrancou o dia decisivo da prova olímpica de surf!
julho 26
A inacreditável montanha-russa de emoções da Costa Rica na prova olímpica de surf
julho 26
Projeto 'Surf & Rescue' visitou pela primeira vez a Madeira