Homepage

  • Uma “Igreja do Surf” que nasceu no Porto
    21 December 2016
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Surf Church Porto
  • Fonte
    Fonte: Público
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Estes surfistas dividem os seus domingos entre as orações na Igreja e as sessões de surf no mar e dizem que “são uma maneira fixe de ser igreja”.
  • O surf e a religião podem andar de mãos dadas? Claro, que podem. Há algum tempo que existe a organização mundial dos Christian Surfers, tendo também a sua ramificação em Portugal. Contudo, agora nasceu a “Igreja do Surf”. É em Matosinhos, no Porto, que está instalada.

    Estes surfistas dividem os seus domingos entre as orações na Igreja e as sessões de surf no mar e dizem que “são uma maneira fixe de ser igreja”. Mas não se limitam apenas a essa ações, tendo outro tipo de eventos, como inclusive alguns batismos no mar. A “Surf Church Porto” possui uma página de Facebook, onde já tem centenas de seguidores.

    A história é contada esta quinta-feira pelo jornal “Público”, que dá grande destaque a este grupo de surfistas, que na sua génese tem um casal norte-americano, que desafiou outros dois casais: um luso-brasileiro e outro alemão. Para além do surf, estudam a bíblia, cantam pop-rock cristão e ainda partilham refeições com pão e vinho.

    “A igreja não é o culto, não é o serviço religioso ao domingo de manhã, não é o templo”, diz Troy Pitney, um surfista norte-americano, de 33 anos, originário de Portland, no estado de Oregon, que aterrou em Portugal em outubro de 2014. “Igreja é o corpo vivo de Jesus na Terra. Os que acreditam em Jesus são igreja. Nós somos igreja. E esta é a Igreja do Surf”, realça ao jornal diário.

    Organização internacional

    A Operation Mobilisation é uma organização internacional evangélica destinada a mobilizar jovens para “viver e proclamar Jesus”. Tem todo o Mediterrâneo como terra de missão e é para essa organização que Pitney trabalha. “As pessoas estão desorientadas, carecem de esperança, nós acreditamos que essa esperança está na mensagem de Jesus. É uma mensagem de perdão, de respeito pela diferença, de amizade”, aponta.

    Troy Pitney desfaz-se em elogios a Portugal, referindo que adora “o povo, a costa e o surf”. Contudo, sabe que, apesar de este ser um país religioso, este é um tema que causa indiferença nos mais jovens. Mas está decidido a partilhar a mensagem de Jesus “a surfistas e outros jovens que não se identificam com a igreja tradicional”. E a porta não está aberta apenas a surfistas: “O surf pode ser só um pretexto. Se as pessoas gostam de surfar, vamos surfar. E vamos usar isso como plataforma para a mensagem de Jesus”.

    Todos os domingos, às 14 horas, encontram-se na Rotunda da Anémona, em Matosinhos, com pranchas e fatos extra. Por ali passam a tarde, ora na água, ora na areia. Proporcionam uma experiência de surf a quem quiser. Por isso, quem estiver interessado em juntar-se a este grupo já sabe onde encontrá-lo.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Igreja
  • Christian Surfers
  • porto
  • Surf Church
  • Fotografia
    Surf Church Porto
  • Fonte
    Fonte: Público
pub
similar News
similar
November 24
Portuguese beaches among the best in Europe
September 19
More than 14 excellent quality beaches
April 05
Peniche: a surfers’ paradise!
March 23
Incredible Beaches 15 Kilometers from Lisbon
March 13
Sagres - A Tourist Guide
February 21
Surfing on the Vicentine Coast
March 03
Surf in Portugal