Homepage

  • Portugueses em forma no WQS
    04 junho 2018
    arrow
  • Nic von Rupp protagonizou uma das maiores subidas da semana, ao escalar 52 posições até ao 139.º posto do ranking. Já Pedro Coelho entrou no top 200 mundial.
  •  

    Durante a última semana a armada lusa andou distribuída entre o Chile, onde decorreu o QS3000 de Arica, e a África do Sul, onde se iniciou uma longa perna de qualificação, com destaque para o QS1500 de Lamberts Bay. E em ambos os eventos estiveram portugueses em destaque.

    No Chile Nic von Rupp avançou até à ronda 4, acabando por terminar no 25.º posto do evento. Nicolau foi o melhor português em prova, depois de Miguel Blanco ter caído na 2.ª ronda e Luís Perloiro na 3.ª. Este foi mesmo o melhor resultado da temporada para o surfista da Praia Grande que subiu 52 posições no ranking WQS e voou até ao 139.º posto.

    A prova chilena, que contou mais uma vez com tubos perfeitos, acabou por ser vencida por Jerónimo Vargas. Na final frente ao jovem australiano Jacob Willcox, o surfista brasileiro conseguiu mesmo anotar uma nota 10, provando assim que Arica oferece anualmente uma das melhores provas do circuito.

    Já na África do Sul, onde estiveram dois portugueses em ação, acabou por ser Pedro Coelho a destacar-se. Depois de Henrique Pyrrait ter caído na ronda inaugural deste QS1500, Coelho conseguiu avançar até à 3.ª ronda, terminando o evento no 13.º posto. Um resultado que permitiu ao surfista da Linha entrar no top 200 mundial.

    O evento sul-africano acabou por ser vencido pelo surfista da casa Matthew McGillivray, que acabou por subir ao top 10 mundial. É na África do Sul que vai prosseguir a ação do WQS, com Pedro Coelho e Henrique Pyrrait a voltarem a competir no QS1500 de Cape Town, ao qual Jordy Smith dá o nome, entre 15 e 17 de junho.

    Depois, de 19 a 24 de junho, Vasco Ribeiro junta-se a esata dupla para o QS1500 de Port Elizabeth. Este campeonato antecede o Ballito Pro, o primeiro QS10000 da temporada, que acontece no final deste mês. Para essa prova maior, apenas Frederico Morais e Vasco Ribeiro conseguiram entrada direta, com Tomás Fernandes a estar na lista de alternates.

    Em relação às contas do ranking, depois destes eventos Portugal coloca apenas dois surfistas no top 100 mundial, mas consegue ter 8 no top 200. Miguel Blanco é o melhor português no 55.º posto, seguindo-se Kikas em 79.º. Depois há ainda Tomás Fernandes em 105.º, Vasco Ribeiro em 108.º, Nic von Rupp em 139.º, Luís Perloiro em 142.º, Jácome Correia em 169.º e Pedro Coelho em 186.º.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Galeria