Homepage

  • Sines deverá acolher 28 veleiros e 1000 tripulantes
    19 abril 2017
    arrow
    arrow
  • Para além destas atividades, a população terá ainda a oportunidade de embarcar num Tall Ship
  • LIVE CAM: São Torpes

    O porto de Sines, em Setúbal, vai acolher este ano, pela primeira vez, o Tall Ships Festival, entre 28 de abril e 1 de maio, sendo esperados 28 veleiros e cerca de 1.000 tripulantes, anunciou esta segunda-feira a organização. “Praticamente todos os cais em Sines vão estar ocupados com estes grandes navios à vela”, disse à Lusa o presidente da Associação Portuguesa de Treino de Vela (Aporvela), João Lúcio.

    Os Tall Ships são veleiros que estavam a ser desmobilizados há 60 anos, altura em que começou a iniciativa, e que foram desafiados para fazerem uma regata em que 50% da tripulação tivesse entre 15 e 25 anos, caraterística que se “mantém até hoje”, afirmou. “Lisboa foi a primeira cidade do mundo a receber uma Tall Ship”, sublinhou o responsável.

    O Sines Tall Ships Festival insere-se na “Rendez-vous 2017 Tall Ships Regatta” (RDV 2017), uma regata de grandes veleiros que passa por sete países”, cruzando o Oceano Atlântico “duas vezes”, e que celebra nesta edição os 150 anos da confederação do Canadá. O festival terá diversas atividades, como visitas às embarcações, desfiles dos tripulantes, concertos e fogo-de-artifício, tudo com entrada gratuita.

    Ver também: Sines completamente contra o petróleo

    Para João Lúcio, a parada dos tripulantes é um “momento muito alto” por ser uma “espécie de carnaval” em que os tripulantes se vestem de piratas e levam ornamentos náuticos para fazer uma festa na cidade, hábito que se faz em todos os portos onde as frotas atracam.

    Para além destas atividades, a população terá ainda a oportunidade de embarcar num Tall Ship, independentemente da experiência que tenha a bordo. “Eu acho que o nosso grande navegador [Vasco da Gama] estará com certeza felicíssimo por saber que nós voltamos a trazer ao porto dele [em Sines] mastros, velas e alegria”, acrescentou João Lúcio.

    Associada ao RDV 2017 existe um site e uma aplicação (iOS e Android) — Yellow Brick — que permite que o utilizador siga o rasto da frota com informações como a sua localização e velocidade, entre outras.

    Mais em SINES Tall Ships Festival 

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Sines
  • Câmara Municipal de Sines
  • Odemira
  • veleiros
  • Tall Ships Festival
  • alentejo
  • setúbal
pub
similar News
similar
setembro 22
Beachcam XL Spot Report* 23 a 25 Setembro
setembro 22
Outono arranca com sabor a verão
setembro 22
Queremos mais medidas em defesa do mar!
setembro 21
Joana Schenker lidera ranking mundial de Bodyboard
setembro 21
Quando o Erasmus se cruza com o Surf
setembro 21
Surfrider Foundation Porto pede proteção
setembro 21
Surf é tema de debate nas autarquicas em Peniche